0

Há vagas? Veja quantos clubes disputaram competições continentais em 2017

Caso Flamengo fature título da Copa Sul-Americana, lista de vagas para equipes brasileiras pode ficar ainda mais extensa em 2018. Mas saiba como foi distribuição de vagas deste ano

7 dez 2017
14h07
  • separator
  • comentários

A temporada de 2018 pode tornar maciça a presença de clubes brasileiros em competições continentais. Caso o Flamengo mude seu panorama na decisão da Copa Sul-Americana, diante do Independiente-ARG, duas equipes expandirão seus horizontes na próxima temporada.

Disputas da Libertadores e da Copa Sul-Americana abrem vagas para clubes da América do Sul
Disputas da Libertadores e da Copa Sul-Americana abrem vagas para clubes da América do Sul
Foto: Lance! / LANCE!

Nono lugar no Brasileirão, o Atlético-MG completará um inédito G9 da Copa Libertadores. A vaga na Copa Sul-Americana de 2018 cairá nas mãos do Sport, décimo-quinto colocado na classificação final.

O LANCE! traz um levantamento de como foi a distribuição de vagas nos principais campeonatos de 2017. Confira!

BRASIL E ARGENTINA COM MAIOR ESPAÇO NA AMÉRICA DO SUL

Neste ano, o futebol brasileiro iniciou as duas principais competições continentais com 14 clubes. Na Copa Libertadores, além dos sete classificados diretamente (seis via Brasileirão e o campeão da Copa do Brasil), a Chapecoense garantiu a vaga devido ao título da Copa Sul-Americana.

Outros seis clubes iniciaram a disputa da "Sula". Porém, com o decorrer das eliminações da Libertadores, Flamengo e Chapecoense tiveram nova chance continental.

Entre os argentinos, seis clubes se classificaram para a Copa Libertadores (cinco de maneira direta, e uma para as primeiras fases). Já outros seis começaram suas caminhadas na Copa Sul-Americana, sempre de acordo com a classificação no Campeonato Argentino. Porém, com o decorrer da Liberta, Estudiantes e Atlético Tucumán foram para o torneio.

Terra do campeão da Libertadores de 2016, Atlético Nacional, a Colômbia teve nove participantes em competições continentais. Além de um quinteto na principal competição continental, quatro equipes iniciaram a caminhada na Copa Sul-Americana (e Junior Barranquilla, Santa Fe e Independiente Medellín ainda entraram no torneio após serem eliminados na Liberta).

Já o Uruguai garantiu oito vagas diretamente para competições continentais (quatro na Copa Libertadores e quatro na Copa Sul-Americana). Mesmo número e distribuição destinados ao Paraguai (que, na "Sula", ainda teve os "reforços" de Olimpia e Libertad durante a competição) e ao Chile (que, na Copa Sul-Americana, ainda viu a entrada do Deportivo Iquique).

EUROPA TEM DISTRIBUIÇÃO DE VAGAS MAIS ENXUTA

Ao se tratar competições na Europa, os padrões se ajustam um pouquinho. Somente as primeiras colocações garantem sonhos continentais na próxima temporada. Além disto, a lista de participantes de cada torneio é feita a partir de resultados das equipes nas competições europeias anteriores.

Na Premier League, a expectativa ganhou mais espaço neste ano. Além de Chelsea, Totthenham, Manchester City e Liverpool se credenciarem para a Liga dos Campeões, o título da Liga Europa não estendeu os sonhos apenas para o Manchester United. O Arsenal teve na Liga Europa a companhia do Everton, sétimo colocado.

A Bundesliga classificou sete clubes para competições continentais. Quatro deles se firmaram na Liga dos Campeões, e outros três estiveram na Liga Europa (além do "reforço" do Hoffenheim, que foi eliminado mais cedo na Liga dos Campeões).

Já o Campeonato Espanhol qualificou seis clubes para, a partir de 2017, disputar torneios continentais. Quatro deles ficaram na Liga dos Campeões, enquanto outros dois disputaram a Liga Europa.

O mesmo número de vagas foi garantido pelo Campeonato Italiano. Porém, com menos espaço na Liga dos Campeões: três. E as outras três ficaram na Liga Europa. A mesma distribuição foi feita no Campeonato Português.

O Campeonato Francês garantiu que cinco clubes galgassem voos maiores na outra temporada. Três foram para a Liga dos Campeões, e outros dois, para a Liga Europa. Porém, no decorrer da segunda competição, o Nice, eliminado nos play-offs, ganhou nova chance continental.

LANCE!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade