0

FMF cancela o Troféu Inconfidência, acata sugestão do Cruzeiro e declara Uberlândia campeão do torneio

A competição, entre os times que ficaram de quinto ao oitavo lugar no Estadual não teve seu fum decidido em campo devido aos casos de Covid-19 na equipe do Triângulo

5 ago 2020
15h52
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

O bom senso prevaleceu nesta quarta-feira nos dirigentes que regem o futebol mineiro. A Federação Mineira de Futebol(FMF) se reuniu com representantes do Cruzeiro e do Uberlândia, e com a sugestão da Raposa, o time do Triângulo Mineiro foi declarado vencedor do Troféu Inconfidência, competição que foi cancelada de forma definitiva pela federação.

O duelo entre Raposa e Verdão não será mais realizado e o Uberlândia foi declarado campeão do Troféu InconfidÊncia-(Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro)
O duelo entre Raposa e Verdão não será mais realizado e o Uberlândia foi declarado campeão do Troféu InconfidÊncia-(Foto: Bruno Haddad/Cruzeiro)
Foto: Lance!

O título seria disputado entre Cruzeiro e Uberlândia nesta quarta-feira, 5 de agosto, às 19h, no Mineirão. Mas o surto de coronavírus na equipe do interior, com 13 casos confirmados, levou a FMF e as duas equipes optarem pelo cancelamento total do torneio, que foi criado para dar mais calendários aos clubes que ficaram do quinto ao oitavo lugar no Estadual.

O Uberlândia tentou ir para partida com jogadores amadores e de base, mas o jogo foi cancelado e em acordo entre todos os envolvidos, decretado o fim do Troféu Inconfidência, uma das novidades do Mineiro 2020 para dar mais calendário aos time do interior.

A FMF emitiu um ofício em que citou a sugestão do Cruzeiro em declarar o Uberlândia campeão do torneio, sem que houvesse punição esportiva pelo não comparecimento à partida.

-Considerando que, no referido ofício, a equipe do Cruzeiro, em atitude de louvável solidariedade, se dispõe a abrir mão da disputa da partida final válida pelo Troféu Inconfidência, concedendo à equipe do Uberlândia Esporte Clube o título de Campeã do Troféu Inconfidência, desde que não haja nenhuma sanção regulamentar e/ou disciplinar em virtude desta não realização;

Considerando que a não realização da referida partida não trará qualquer prejuízo à Competição; Considerando a obrigação assumida pela FMF de cumprir procedimentos rigorosos com o intuito de obter um maior controle no combate à contaminação causada pelo vírus;

Considerando o compromisso da FMF com a prevenção diante do alto risco de propagação e contaminação em massa, dando prioridade absoluta à integridade física dos jogadores, membros de comissões técnicas, árbitros e demais profissionais envolvidos;

Considerando a excepcionalidade do momento atual que exige a adoção de medidas inéditas e não previstas nos Regulamentos da Competição; Considerando que o Egrégio Tribunal de Justiça Desportiva, bem como sua Procuradoria Geral, cientes da singularidade da situação e a justa causa do pedido, ao serem consultados, concordaram com a solicitação do Cruzeiro Esporte Clube-dizia o ofício .

A decisão de cancelar o Troféu Inconfidência também teve o apoio Tribunal de Justiça Desportiva de Minas Gerais e da Procuradoria Geral.

Veja também:

Resumão do Mercado - #2
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade