0

Especulado, Winck teve melhor rendimento entre últimos técnicos

Mesmo após nove comandantes passarem pela casamata do Criciúma, o treinador gaúcho ainda sustenta a melhor marca, há dois anos, pela equipe catarinense

5 ago 2019
19h11
  • separator
  • 0
  • comentários

Em sua passagem pelo Criciúma em 2017, Luiz Carlos Winck esteve à frente do comando técnico por 21 jogos, sendo 9 vitórias, 7 empates e 5 derrotas, totalizando um aproveitamento de 53,9%. Na oportunidade, o treinador assumiu o Criciúma com zero pontos e chegou a ficar nove partidas invicto na Série B.

Luiz Carlos Winck (Foto: Marcelo Campos / MS+ Sports)
Luiz Carlos Winck (Foto: Marcelo Campos / MS+ Sports)
Foto: Lance!

Neste ano, Gilson Kleina foi o terceiro técnico a passar pelo clube, com 22 jogos, 7 vitórias, 6 empates e 9 derrotas, somando 40% de aproveitamento. Após a derrota do último sábado, Kleina e a direção entraram em comum acordo sobre sua saída. Antes dele, Doriva esteve à frente do Criciúma por 13 jogos (5 vitórias, 3 empates e 5 derrotas), depois ainda viria Wilsão, que comandou o Tigre por apenas dois jogos (1 vitória e 1 derrota).

Após o anúncio da saída do último técnico carvoeiro, Winck voltou a ser cotado para assumir o Criciúma pelo restante do Campeonato Brasileiro. O treinador tem 20 anos de experiência na casamata e bons números na sua última passagem pelo Tigre.

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade