1 evento ao vivo

Em caso contra o Santos, defesa de Sasha confia em decisão favorável ao jogador com novo juiz

Neste sábado (01), o magistrado responsável pela causa pediu desligamento do processo por motivos de foro íntimo

2 ago 2020
06h03
atualizado às 06h03
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

A defesa do atacante Eduardo Sasha está confiante em nova vitória do jogador contra o Santos na justiça. O caso envolvendo o atleta sofreu uma reviravolta neste sábado (01), quando o então juiz responsável, Carlos Nery Pereira, se retirou alegando motivos de foro íntimo menos de 24h após ser favorável à rescisão unilateral do jogador com o Peixe.

Menos de um dia depois de ficar livre no mercado, Sasha voltou a pertencer o Santos (Foto: Ivan Storti/Santos FC)
Menos de um dia depois de ficar livre no mercado, Sasha voltou a pertencer o Santos (Foto: Ivan Storti/Santos FC)
Foto: Lance!

Os advogados responsáveis pela causa estão confiantes que o juiz que assumirá o caso, provavelmente já nesta segunda-feira (03), siga a primeira decisão e o atleta fique livre no mercado. Eles também acreditam que não haverá demora para o anúncio da nova decisão. Segundo o LANCE! levantou, o otimismo está na confianã de que os pontos da defesa estão bem fundamentados.

Além do desligamento com o Peixe, Eduardo Sasha também cobra os valores referentes a redução salarial de 70% durante a pandemia do novo coronavírus, não consentida pelo elenco, 13º salário e FGTS.

Retirada de juiz no caso

Embasado no inciso primeiro, do artigo 145 do Código de Processo Civil, o magistrado não possui necessidade de informar o motivo que o levou a se retirar. Porém, após a sua primeira decisão, na última sexta-feira (31), o perfil de Carlos Nery Pereria nas redes sociais vazou e entre as publicações estavam algumas fotos do juiz com a camisa do Atlético-MG, clube que possui interesse na contratação de Eduardo Sasha e monitora a situação judicial para fazer uma investida pelo atleta.

Ao L!, Gilson Ildefonso de Oliveira, Juiz Federal do Trabalho aposentado, pontuou sobre a anormalidade da decisão do responsável pelo "Caso Sasha" no meio jurídico.

- Isso não acontece no dia a dia - respondeu à consulta feita pela reportagem.

Enquanto o referido processo não é analisado novamente, agora por um novo juiz, Sasha é jogador do Peixe. O atacante não treina com o elenco desde 20 de julho, um dia após entrar com o processo contra o Peixe na 6ª Vara do Trabalho de Santos.

Veja também:

Saiba como está a preparação do Botafogo para a estreia do Brasileirão
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade