0

Cazares aparece no BID da CBF e está liberado para fazer a estreia

Camisa dez equatoriano foi inscrito nesta segunda-feira e já pode ser relacionado para o jogo desta quarta-feira, às 21h30, na Neo Química Arena, contra o Atlético-GO

28 set 2020
18h42
atualizado às 18h42
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator
Situação de Cazares junto a CBF está regularizada (Foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians)
Situação de Cazares junto a CBF está regularizada (Foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians)
Foto: Lance!

O meia equatoriano Cazares apareceu no BID (Boletim Informativo Diário) da CBF nesta segunda-feira e está liberado para a possível estreia dele contra o Atlético-GO, às 21h30, na Neo Química Arena, pelo duelo adiado da primeira rodada do Brasileirão.

Agora, a sua escalação dependerá da avaliação da comissão técnica de Dyego Coelho. O jogador vem trabalhando sua parte física desde a chegada, mas a tendência é de que comece a partida no banco de reservas.

Cazares foi contratado para ser absoluto entre os 11 iniciais do Timão. Ainda que não tenha condições físicas de carregar esse status neste momento, a ideia é que ele seja a liderança técnica da equipe, algo que Luan (também contratado para isso) ainda não conseguiu ser nesta temporada, mas isso não quer dizer que não possam jogar juntos. Aliás, formar um trio atrás de Jô com Otero, Luan e Cazares seria alguma bastante interessante de se ver.

- Todo mundo conhece a qualidade do Luan, do Otero, do Jô, se é para jogar junto, a gente joga, se é para jogar na direita, o treinador que vai decidir depois, primeiro tenho que me adaptar um pouquinho aqui, muito tempo que eu não jogo, pouco a pouco vou pegando o ritmo, mas minha posição é no meio, sempre joguei no meio, tenho essa característica - disse Cazares em coletiva.

Cazares foi registrado no BID da CBF (Foto:Reprodução/CBF)
Cazares foi registrado no BID da CBF (Foto:Reprodução/CBF)
Foto: Lance!

Veja também:

Editor do L! analisa grave crise dentro e fora de campo do Botafogo
Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade