0

Brasileiro termina em último em eliminatória na slalom

Felipe Borges cometeu 14 penalidades e precisa se recuperar na segunda bateria, ainda neste domingo, para avançar para a próxima fase na modalidade

7 ago 2016
14h24
atualizado às 14h50
  • separator
  • comentários

O brasileiro Felipe Borges não se deu bem em sua estreia na canoagem slalom na Olimpíada Rio-2016. Com muitas faltas cometidas em seu percurso, ele ficou em 19º e último lugar na primeira bateria do C1 (canoa individual). Agora, precisará melhorar muito para tentar seguir vivo na competição, na disouta da segunda bateria, cuja largada será às 15h.

O Circuito de Canoagem Slalom da Rio-2016 (Foto: Renato Sette Câmara)
O Circuito de Canoagem Slalom da Rio-2016 (Foto: Renato Sette Câmara)
Foto: Lance!

Quarto competidor a descer a pista do Parque Radical no Complexo de Deodoro, Borges, cometeu logo de cara duas penalidades. Visivelmente nervoso, foi fazendo uma falta atrás da outra e chegou ao final somando 14 faltas, em um tempo total de 122.30s.

Só como referência, o tempo do líder na primeira bateria, o britânico David Florence, foi de 94.11s, sem faltas. Avançarão para a semifinal os 14 melhores tempos entre as duas baterias eliminatórias.

Natural de Foz do Iguaçu, Felipe Borges conquistou a medalha de bronze nos Jogos Pan-Americanos de Toronto, no ano passado. Foi ainda bronze no Mundial Sub-23 disputado no ano passado.

As competições de canoagem slalom começaram com atraso de mais de uma hora, em razão de forte ventania que atingiu a região do Parque Radical de Deodoro.

Lance!

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade