PUBLICIDADE

Bragantino vence Sport e embola parte de baixo da tabela

Time do interior paulista foi superior no segundo tempo e aproveitou do bom momento para fazer o resultado do jogo

18 out 2020 22h41
| atualizado às 22h43
ver comentários
Publicidade

Em situações diferentes na tabela, Red Bull Bragantino e Sport se enfrentaram na noite deste domingo no Nabizão, pela 17ª rodada. A equipe de Bragança venceu por 2 a 0 e embolou ainda mais a parte de baixo da tabela. Já o Sport acumulou sua quarta derrota consecutiva.

Ari Ferreira/Red Bull Bragantino
Ari Ferreira/Red Bull Bragantino
Foto: LANCE!

Com os três pontos, o Bragantino permanece no Z-4, mas chegou aos 16 pontos junto com outros três clubes: Coritiba, Athletico-PR e Bahia. Botafogo (15º), Corinthians (14º) e Vasco (13º) só possuem dois pontos a mais. Já o Sport, com 20 pontos, caiu uma posição e agora é 11º colocado.

PRIMEIRO TEMPO FOI LÁ E CÁ

O Sport começou pressionando a equipe paulista. O time comandado por Jair Ventura tentou jogadas trabalhadas pelos cantos, onde Thiago Neves incomodou sempre procurando o atacante Leandro Barcia, mas não obteve sucesso nas tentativas. Do outro lado, a melhor chance do Bragantino nos primeiros 25 minutos partiu depois de uma falha do goleiro Luan Polli, do Sport, que furou um chute e por pouco não viu a bola entrar no próprio gol.

Basicamente, o primeiro tempo foi de muitas tentativas dos dois lados, mas pouco trabalho dos goleiros. A melhor chance do jogo saiu apenas aos 41 minutos com Artur fazendo jogada individual. O camisa 7 chutou e após a bola desviar, ela bateu na rede por cima do gol. A equipe do interior paulista cresceu apenas na reta final e houve diversas tentativas com a bola passando na frente do gol, mas nenhuma aproveitada.

O Bragantino dependeu das jogadas individuais de Claudinho e Artur para tentar buscar espaços na defesa pernambucana. O Sport procurou trabalhar a bola e furar a barreira dos paulistas, Thiago Neves sempre esteve presente nas jogadas de perigo no ataque, mas a zaga montada por Barbieri impediu as propostas.

SEGUNDO TEMPO DOMINANTE DO BRAGANTINO

O Bragantino voltou para o segundo tempo tentando manter o ritmo do fim da primeira etapa. E conseguiu. Logo aos quatro minutos, Ryller acertou um chutaço de fora da área e não deu chances para Luan Polli.

O Sport tentou reagir logo depois, mas Claudinho fez questão de frear a equipe pernambucana ao fazer um mais um golaço para o Red Bull Bragantino. Ele ganhou na corrida de Maidana, cortou um defensor antes de chutar e a bola ainda bater na trave.

A equipe pernambucana se mostrou sem forças após o segundo gol do Bragantino. Se os paulistas conseguiam fazer transições em velocidade para o ataque, o Sport tentava trocar passes para achar espaço, mas ficavam presos nos 11 jogadores do RBB que voltavam e esperavam a bola para sair em contra-ataque.

Apesar do Bragantino ainda conseguir fazer outras jogadas de perigo, o jogo finalizou mesmo com os dois gols.

FICHA TÉCNICA

RED BULL BRAGANTINO 2 x 0 SPORT

Local: Nabi Abi Chedid, Bragança Paulista (SP)

Data e hora: 18/10/2020 - 20h30

Árbitro: Ricardo Marques Ribeiro

Assistentes: Celso Luiz da Silva e Ricardo Junio de Souza, todos de MG

VAR: Wanderson Alves de Sousa, MG

Cartões amarelos: Marcão Silva (21'/2ºT), Aderlan (49'/2ºT)

Gols: Ryller (4'/2ºT), Claudinho (15'/2ºT)

RB BRAGANTINO: Cleiton; Aderlan, Léo Ortiz, Ligger e Weverson (Edimar, aos 10'/2ºT); Ryller (Uillian Correia, aos 41º/2ºT), Raul e Claudinho (Luis Phelipe, aos 32'/2ºT) ; Artur (Cuello, aos 32'/2ºT), Tubarão e Ytalo (Hurtado, aos 41'/2ºT). Técnico: Maurício Barbieri.

SPORT: Luan Polli; Patric, Maidana, Adryelson e Luciano Juba; Marcão (Ronaldo Henrique, aos 25'/2ºT), Ricardinho (Mikael, aos 17'/2ºT), Lucas Mugni e Thiago Neves (Jonatan Gomez, aos 35'/2ºT); Marquinhos (Rogério, aos 25'/2ºT) e Leandro Barcia (Junior Tavares, aos 35'/2ºT). Técnico: Jair Ventura.

Lance!
Publicidade
Publicidade