0

Ainda há esperança? Saiba o que o São Paulo pensa sobre Diego Souza

Meia-atacante de 32 anos chegou ao clube no começo de 2018 por cerca de R$ 10 milhões, sonhando em disputar a Copa do Mundo, mas virou reserva e já até perdeu pênalti decisivo

2 abr 2018
08h05
  • separator
  • 0
  • comentários

A contratação mais badalada do São Paulo para a temporada, que desembarcou no clube sonhando em disputar a Copa do Mundo, hoje é um dos atletas mais contestados pela torcida. Mas a diretoria ainda não abre mão de Diego Souza e acredita que o jogador de 32 anos de idade, atualmente na reserva do time, pode fazer valer o investimento de cerca de R$ 10 milhões.

Contratação mais badalada do clube no ano, Diego Souza ainda não vingou (Foto: Érico Leonan/saopaulofc.net)
Contratação mais badalada do clube no ano, Diego Souza ainda não vingou (Foto: Érico Leonan/saopaulofc.net)
Foto: Lance!

Raí, diretor executivo de futebol, é um dos entusiastas da capacidade técnica do camisa 9, assim como de seu poder de liderança no elenco. Por isso, o posicionamento a respeito do meia-atacante é de que ainda há esperança, até porque passaram-se somente três meses de um contrato de duas temporadas.

Diante das críticas que vêm ouvindo de torcedores e conselheiros, os dirigentes indicam que acreditam em Diego Souza. A sensação de quem está próximo do jogador é de que a mesma frustração de torcida e clube também atinge o atleta, o que pode fazer com que ele, enfim, mostre o potencial que se espera.

Em campo, Diego Aguirre procura uma forma de aproveitar melhor o camisa 9. O técnico enxerga o jogador como alguém de qualidade e a ideia dele também não é desistir de Diego, apesar de tê-lo deixado no banco sem utilizá-lo na primeira semifinal contra o Corinthians, exatamente a partida seguinte à que o jogador foi herói, fazendo o gol da classificação na vitória por 2 a 0 sobre o São Caetano, no Morumbi.

Em meio à discussão sobre Diego como centroavante (posição que ele preferia para ter chances de ser chamado por Tite para disputar a Copa do Mundo), que teve o próprio jogador se defendendo com declarações de que o público não entende o esquema do time, a tendência é de que ele só apareça nessa função por necessidade. Aguirre já está próximo da convicção de que o camisa 9 rende mais chegando à área do que como referência no ataque.

Nesse cenário, a expectativa é de que Diego Souza deixe para trás a má atuação na eliminação do Paulista diante do Corinthians, quando foi o primeiro do time a bater pênalti e parou na defesa de Cássio. Como protagonista ou coadjuvante importante, o São Paulo acredita que a contratação mais badalada do ano ainda vai vingar.

Confira abaixo os números de Diego Souza no São Paulo:

Lance!
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade