PUBLICIDADE

Ladrões rendem ônibus de equipe de futebol feminino e treinador diz que atleta sofreu abuso sexual

Direção do Abelha Rainha informou que estuda poupar a atleta, que não teve o nome revelado, da próxima partida

2 dez 2021 14h40
ver comentários
Publicidade

As jogadoras das Abelhas Rainhas, time feminino do Piauí, passaram por um susto ao serem abordadas por dois ladrões na saída do estádio Lindolfo Monteiro, em Teresina, após a derrota do clube para o Fluminense-PI em jogo do campeonato piauiense, nesta quarta-feira. A notícia foi veiculada pelo 'ge.globo'

Atletas do Abelha Rainha foram rendidas ao sair do estádio (Foto: Reprodução/Globo)
Atletas do Abelha Rainha foram rendidas ao sair do estádio (Foto: Reprodução/Globo)
Foto: Lance!

Segundo o 'ge', o treinador da equipe relatou que uma das jogadores sofreu abuso sexual durante a abordagem. O homem teria 'passado a mão' em suas partes íntimas. O incidente aconteceu no momento em que a equipe levava os pertences de dentro do estádio para o ônibus.

- Situação lamentável. Desespero total da gente. Infelizmente aconteceu isso. A gente não tem tempo de sair todo mundo junto porque o pessoal da federação fica pressionando a gente para desocupar logo o vestiário. Ai a gente fica levando de pedaço em pedaço as coisas. Se todo mundo tomasse banho e saísse junto, seria mais difícil assaltar todo mundo junto. Agora quando vê que é mulher... Só tinha eu e o motorista carregando (as coisas). Só deu tempo da gente sair para buscar o resto e aconteceu o cara puxando a bolsa e saindo correndo - disse o treinador

A Federação Pernambucana de Futebol (FPF) prometeu melhorar o policiamento para os próximos jogos do torneio que é disputado apenas no estádio Lindolfo Monteiro. A direção do Abelhas Rainhas informou que o clube estuda poupar, das próximas partidas, a atleta que sofreu o abuso sexual e não teve o nome revelado.

Veja o posicionamento oficial da FPF

"A Federação de Futebol do Piauí informa que segue todos os protocolos de segurança dentro das praças esportivas onde são realizadas as suas competições e que na parte externa dos estádios, a segurança é de responsabilidade do Estado.

No caso em comento, ocorrido na noite desta quarta-feira (1), havia uma guarnição da Polícia Militar no Estádio Lindolfo Monteiro. Assim que soube que estava acontecendo o fato, a PM-PI que estava dentro do estádio prontamente atendeu a ocorrência, chegando inclusive a correr atrás dos meliantes, dando disparos de arma de fogo para cima, mas infelizmente não conseguiu prender nenhum deles.

Durante a fuga, os bandidos deixaram cair a bolsa da dirigente que havia sido tomada de assalto, e tão logo foi recuperada foi devolvida à dona.

A FFP esclarece que sempre primou pela segurança de todos os evolvidos nos jogos em todas as dependências das praças esportivas do Estado, mas, infelizmente, fora dos estádios todos nós estamos sujeitos à insegurança que impera em nossa sociedade.

A FFP informa ainda que está providenciando e solicitando junto à PM-PI o reforço para que nos dias de jogos possa colocar policiamento nos arredores dos estádios para tentar coibir atos desagradáveis semelhantes ao ocorrido.

Por fim, informamos que os jogos da próxima quinta-feira (9) - válidos pela última rodada do Piauiense Feminino - serão disputados nos seguintes horários a saber:

16h - Abelhas Rainha x Tiradentes

18h - Teresina x Fluminense

Atenciosamente,

Federação de Futebol do Piauí."

Lance!
Publicidade
Publicidade