5 eventos ao vivo
Logo do Jogos Pan-Americanos
Foto: terra

Jogos Pan-Americanos

Melhor patinadora do Brasil só foi ao Pan graças a férias

Bronze em 2011, Talitha foi ao Pan de Toronto graças a férias de curso de engenharia química e teme recuperação por causa de Mundial

12 jul 2015
09h45
atualizado às 12h08
  • separator
  • 0
  • comentários

Os Jogos Pan-Americanos mostram como nem sempre a realidade é linda e perfeita para os atletas brasileiros de ponta. É o caso da patinadora artística Talitha Haas, que terminou em segundo lugar no último sábado em sua primeira apresentação em Toronto. A garota de 20 anos, que conquistou bronze no Pan de 2011 com apenas 16, não consegue viver às custas do esporte e já se programa para o futuro em um curso, digamos, interessante.

“O Marcel (Stürmer, patinador artístico brasileiro melhor do mundo e tricampeão do Pan) é o único que consegue viver do esporte. Eu estudo engenharia química na Feevale (universidade de Novo Hamburgo”, relatou.

 

Expresse-se!

Uma foto publicada por @talithahaas em

E dá para intercalar os estudos com a competição? Aí já é outra história. A garota relata até que só foi ao Pan porque a competição caiu nas férias escolares da faculdade e que pode ter problemas em setembro, quando disputar o Mundial.

“Agora graças a Deus esse campeonato (Pan) caiu nas férias. Mas é bem complicado, o Mundial é em setembro, bem no meio do semestre, na parte das provas. Aí vai ser bem complicado. Às vezes dá, às vezes eles dizem que tem que fazer recuperação depois. É bem complicado de levar”, contou a jovem.

Estudar, treinar, competir... A vida de Talitha não é fácil. Difícil é arranjar tempo para tudo, ainda com aulas de dança e inglês no meio. “O treinamento é todos os dias. Eu, além de competir no individual, compito em grupo também, que não tem no Pan. E aí tem que treinar individual, academia, faço inglês também, faço stiletto que é um tipo de dança que ajuda nesta minha coreografia e ainda treino em grupo de noite. É bem corrido. Ainda mais que os treinos do grupo, por serem 12 meninas, a gente nunca tem tempo de se encontrar no mesmo horário, então acaba meia-noite”, afirmou.

 

Dia de Acro ✌

Uma foto publicada por @talithahaas em

Tudo isso, ao menos, tem valido a pena no Pan. Após o bronze em Guadalajara, Talitha disse que a “perninha tremeu” antes de entrar no espaço de patinação de Toronto, mas garantiu um segundo lugar no primeiro dia, atrás apenas da argentina, que é a melhor do mundo no esporte. Neste domingo, fará a rotina longa, que vale 75% da nota, somada com os 25% representados pela boa posição de sábado. 

Ranking Geral - País Ouro Prata Bronze TOTAL
Canadá 4 2 2 8
Estados Unidos 3 0 4 7
México 2 4 1 7
Colômbia 2 3 2 7
Cuba 2 1 2 5
Brasil 1 3 1 5
Veja o quadro completo aqui
Fonte: Terra
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade