4 eventos ao vivo
Logo do Jogos Pan-Americanos
Foto: terra

Jogos Pan-Americanos

Jogos Pan-Americanos

Dilma recebe delegação brasileira e exalta Thiago Pereira

Marcelo Camargo / Agência Brasil
27 ago 2015
15h24
atualizado às 16h48
  • separator
  • comentários

A presidente Dilma Rousseff recebeu, na manhã desta quinta-feira, atletas brasileiros que representaram o país no Pan e no Parapan de Toronto. A cerimônia, realizada no Palácio do Planalto, também comemorou os dez anos de existência do programa Bolsa Atleta.

“Para mim, é uma alegria e uma grande honra recebê-los aqui. Quero cumprimentar cada um pelos resultados. Temos a obrigação de torcer por vocês, pois nos representam no pódio, no momento mais especial do esporte”, disse a presidente.

Durante seu discurso, a petista lembrou o feito de Thiago Pereira, que chegou à marca de 23 medalhas pan-americanas, ultrapassou o cubano Erick Lopez e tornou-se o maior medalhista da história dos Jogos. Dilma ressaltou a necessidade de uma cultura de ética e respeito ao adversário no esporte.

Dilma recebeu em Brasília a delegação brasileira no Pan-Americano
Dilma recebeu em Brasília a delegação brasileira no Pan-Americano
Foto: Marcelo Camargo / Agência Brasil

“Fiquei muito feliz em saber que o Thiago ganhou por uma medalha do cubano, ele tem 23 e o cubano tem 22. É obvio que ele respeita o cubano, mas é equívoco dizer que ele é o primeiro nessa história. Essa é uma da ética do esporte, você vence, mas respeita o adversário, porque o adversário qualifica o vencedor”, declarou.

A liderança no quadro de medalhas do Parapan, com 257 pódios (109 ouros, 74 pratas e 74 bronzes), foram vistas por Dilma como “conquistas que inspiram todo o país. Para Andrew Parsons, presidente do Comitê Paralímpico Brasileiro, a palavra que explica a sensação é “orgulho”.

"Não é fácil conquistar o primeiro lugar nos Jogos Parapan-Americanos. Foram 257 medalhas, em uma campanha fenomenal desse Brasil que vence, mesmo quando a situação parece contrária. Estamos muito orgulhosos", afirmou.

O ministro dos esportes, George Hilton, falou sobre os dez anos do Bolsa Atleta, programa que já investiu cerca de R$ 60 milhões no esporte olímpico brasileiro e que, segundo o Planalto, ajudou mais de 15 mil atletas.

"Minha alegria em estar aqui hoje celebrando os dez anos do Bolsa Atleta é ouvir a história de cada um dos atletas. Saber como o programa pôde mudar o rumo da vida de quem escolheu o esporte para sobreviver”, disse.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade