PUBLICIDADE

Tenistas brasileiras recebem bronze e se emocionam no pódio

O ouro das duplas femininas ficou com as tchecas Krejcikova e Siniakova, que superaram as suíças Bencic e Golubic em dois sets

1 ago 2021 06h02
| atualizado às 06h16
ver comentários
Publicidade

Ao contrário da maioria das modalidades, Luisa Stefani e Laura Pigossi tiveram que esperar um dia para receber a medalha de bronze conquistada nas duplas femininas do tênis dos Jogos Olímpicos. Elas subiram ao pódio neste domingo, depois da final da competição.

"Eu me sinto completa agora, não tenho palavras para definir esse sentimento. Agora a espera acabou e está caindo a ficha do que a gente conquistou, não tenho palavras", destacou Laura Pigossi.

A medalha é um presente de aniversário antecipado para as brasileiras. Laura Pigossi completa 27 anos nesta segunda. Já Luisa Stefani faz 24 anos no dia 9 de agosto. "Parabéns, você é gigante, a gente conseguiu. Passou muito rápido", disse Laura, olhando para a parceira. "É meu aniversário e ganhei o melhor presente de aniversário da minha vida. Esse presente conquistado vale muito mais porque foi muito suor, muito choro", emendou a tenista.

Tenistas brasileiras recebem bronze e se emocionam no pódio
Tenistas brasileiras recebem bronze e se emocionam no pódio
Foto: Geoff Burke / Reuters

Luisa Stefani contou uma particularidade durante a cerimônia deste domingo. "Ouvindo o hino das meninas tocando (da República Tcheca), mas na minha mente estava pensando no nosso também. Nossa, um sentimento indescritível", afirmou.

O ouro das duplas femininas ficou com as tchecas Krejcikova e Siniakova, que superaram as suíças Bencic e Golubic em dois sets. Para o Brasil, a competição foi histórica, já que o país nunca havia conquistado uma medalha olímpica no tênis.

"Temos que voltar nos aros para agradecer. Acho que gratidão é a palavra da semana. Tudo que eu passei essa semana, todas as memórias,

não estou sabendo como lidar com os sentimentos , com tudo o que está acontecendo. Só quero sentir essa medalha aqui. É um prazer enorme estar com essa medalha no peito. E essa aqui é pro Brasil", comentou Laura Pigossi.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade