PUBLICIDADE

Rússia perde medalha de prata em Londres-2012 por doping

Antonina Krivoshapka testou positivo para turinabol e revezamento 4x100m russo tem resultado invalidado

1 fev 2017 14h00
| atualizado às 14h16
ver comentários
Publicidade
Foto: Getty Images

A reanálise das amostras colhidas em Pequim-2008 e Londres-2012 retiraram mais uma medalha conquistada. O revezamento 4x100m feminino da edição inglesa sofreá uma alteração no quadro de medalhas já que a russa Antonina Krivoshapka, que não compete desde o Mundial de 2013, testou positivo para a substância turinabol, um esteroide anabolizante.

Com a desclassificação da equipe russa, formada por Krivoshapka, Yulia Gushchina, Tatyana Firova e Natalya Antyukh, a Jamaica ficará com a prata e a Ucrânia deve herdar o bronze. Os Estados Unidos foram os campeões da prova.

A russa Vera Ganeeva, do lançamento de disco, e o boxeador turco Adem Kilicci, também testaram positivo para o turinabol e tiveram seus resultados invalidados. Ganeeva terminou em 23º lugar e Kilicci o quinto no peso médio (até 75kg), mesma categoria do brasileiro Esquiva Falcão.

Lance!
Publicidade
Publicidade