PUBLICIDADE

Na sétima Olimpíada, Robert Scheidt fica em oitavo na classe Laser em Tóquio

1 ago 2021 09h37
ver comentários
Publicidade

O brasileiro Robert Scheidt finalizou sua sétima participação olímpica na oitava colocação da classe Laser dos Jogos de Tóquio, neste domingo.

Robert Scheidt compete em Tóquio
 26/7/2021   REUTERS/Ivan Alvarado
Robert Scheidt compete em Tóquio 26/7/2021 REUTERS/Ivan Alvarado
Foto: Reuters

Scheidt, de 48 anos, possui cinco medalhas olímpicas - dois ouros, duas pratas e um bronze. Na última e decisiva regata, a Medal Race, ele terminou em nono lugar.

"Eu acho que agora estou meio frustrado, não velejei bem. Orgulho representar meu país. Sétima Olimpíada, guardo memórias de cada disputa, de cada conquista. Queria ter terminado com uma medalha, mas esporte é assim, se você não aproveita suas oportunidades os outros aproveitam. Saio com a alma lavada, com a sensação de que fiz a melhor preparação que eu podia", afirmou Scheidt, de acordo com nota do Time Brasil.

"Quando comecei na vela nunca imaginei que chegaria em sete participações. Foi um trabalho de muitas pessoas para me colocar aqui com chances e a gente cumpriu. Esporte é assim, importante ter feito o melhor que podia", completou.

Scheidt entrou na Medal Race na sexta colocação e para chegar ao pódio precisava ganhar a regata e torcer para que seus adversários diretos tivessem um mau desempenho.

A medalha de ouro ficou com o australiano Matt Wearn, a prata com o croata Tonci Stipanovic e o bronze para o norueguês Hermann Tomasgaard.

Reuters Reuters - Esta publicação inclusive informação e dados são de propriedade intelectual de Reuters. Fica expresamente proibido seu uso ou de seu nome sem a prévia autorização de Reuters. Todos os direitos reservados.
Publicidade
Publicidade