PUBLICIDADE

Chayenne da Silva não vai à semifinal dos 400m com barreiras

Brasileira fica em oitavo lugar em sua bateria eliminatória realizada nesta sexta-feira e não avança nesta prova do atletismo da Olimpíada

30 jul 2021 21h36
| atualizado às 22h09
ver comentários
Publicidade

Chayenne da Silva não conseguiu avançar à semifinal da prova dos 400m com barreiras realizada nesta noite de sexta-feira (no horário de Brasília) pelos Jogos Olímpicos de Tóquio. A brasileira chegou em oitavo lugar em sua bateria eliminatória, com tempo de 57s55. As quatro primeiras colocadas desta série seguiram vivas na luta para ir à final.

Chayenne disputou sua primeira Olimpíada (Foto: Reprodução/SporTV)
Chayenne disputou sua primeira Olimpíada (Foto: Reprodução/SporTV)
Foto: Lance!

Em sua estreia em uma Olimpíada, a atleta reconheceu o resultado abaixo do esperado, mas destacou sua garra e apontou o foco para os Jogos de Paris-2024. "Particularmente foi aquém do que esperava, um tempo muito alto. Apesar de ser a minha primeira Olimpíada, eu vim não só para participar, mas buscar o meu melhor, abaixar meu tempo. Infelizmente não foi possível, mas falta de vontade e garra não foi. Agora é levantar a cabeça que a meta realmente é 2024 (Paris)", disse Chayenne ao SporTV após a prova.

"Eu estava muito nervosa antes da prova. A falta da minha treinadora faz muita diferença, até mesmo ali na prova. Então faz muita diferença. Acredito que quando chegar lá em 2024 vou estar com outra cabeça. Lá eu quero chegar brigando na ponta", destacou a velocista brasileira.

As classificadas para a semifinal dos 400m com barreiras, que saíram desta bateria que teve participação de Chayenne da Silva,  foram a ucraniana Anna Ryzhykova (54s56), a jamaicana Janieve Russel (54s81), a belga Paulien Couckuyt (54s90) e a italiana Linda Olivieri (55s54).

 

Lance!
Publicidade
Publicidade