PUBLICIDADE

Bernardinho se emociona com desfile do filho na Olimpíada

Bruninho é porta-bandeira do Brasil na cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos e faz o pai segurar as lágrimas durante transmissão na TV

23 jul 2021 12h42
| atualizado às 13h37
ver comentários
Publicidade

Porta-bandeira do Brasil (junto com Ketleyn Quadros, do judô), Bruninho emocionou o pai durante o desfile na cerimônia de abertura dos Jogos Olímpicos. Bernardinho, técnico de vôlei, claramente segurou os lágrimas para não chorar vendo o filho, levantador do Brasil, representar o país em Tóquio.

"Fico imaginando a emoção da mãe dele, dos avós dele. Realmente, é um momento único", comentou Bernardinho, que trabalhou no evento como comentarista do Sportv. 

Bruninho, filho de Bernardinho, foi porta-bandeira do Brasil na cerimônia de abertura (Foto: BEN STANSALL / AFP)
Bruninho, filho de Bernardinho, foi porta-bandeira do Brasil na cerimônia de abertura (Foto: BEN STANSALL / AFP)
Foto: Lance!

O Comitê Olímpico Brasileiro decidiu poupar atletas e mandou só os dois para o evento, que até sambaram. Bernardinho brincou e disse que o filho aprendeu "seu segredo de família".

"Sabia que a minha aula de samba para ele ia dar resultado. Nessa, ele forçou a barra. Não era para ter divulgado isso.", brincou Bernardinho, logo após Hortência, outra comentarista e ex-jogadora do basquete, revelar que ele chegou a chorar vendo o filho.

Lance!
Publicidade
Publicidade