0

Itália é 1º país a formalizar candidatura por Jogos de 2026

O país, no entanto, ainda não definiu qual cidade candidatará

10 jul 2018
21h42
  • separator
  • comentários

A Itália se tornou nesta terça-feira (10) o primeiro país a formalizar sua candidatura a sede dos Jogos Olímpicos de Inverno de 2026. Por outro lado, a decisão de qual cidade entrará na disputa, Milão, Turim ou Cortina d'Ampezzo, foi adiada pelo Comitê Olímpico Nacional Italiano (Coni).

Manifestação em Turim contra Jogos Olímpicos
Manifestação em Turim contra Jogos Olímpicos
Foto: ANSA / Ansa - Brasil

Na reunião de seu conselho nacional, a entidade decidiu, por unanimidade, enviar uma candidatura da Itália às Olimpíadas de 2026 e instituiu uma comissão para avaliar os dossiês apresentados pelas três cidades concorrentes.

A vencedora deve ser anunciada na próxima reunião do conselho nacional do Coni, em 1º de agosto ou 10 de setembro. O comitê será coordenado pelo secretário-geral Carlo Mornati e composto pelos dois vice-presidentes da entidade, Franco Chimenti e Alessandra Sensini, e pelos chefes da Federação Italiana de Esportes de Inverno, Flavio Roda, e da Federação Italiana de Esportes no Gelo, Andrea Gios.

Também integrarão o grupo um representante da comissão de atletas do Coni, ex-esportistas e membros do Comitê Olímpico Internacional (COI). O presidente do Coni, Giovanni Malagó, explicou que a comissão pode recomendar até mesmo a união das três candidaturas, algo já rechaçado por Milão.

"A união das três cidades seria uma verdadeira candidatura, 100% orgulhosamente italiana, e não é algo a se excluir. No meu mundo dos sonhos, seria algo belo", declarou o cartola. "Deve, no entanto, ser de competência da comissão, da qual eu não faço parte, entender se une as três regiões e cidades", acrescentou.

Contra Turim, pesa o fato de a cidade já ter organizado os Jogos de Inverno, em 2006 - Cortina também sediou o megaevento, mas no distante ano de 1956. O pequeno vilarejo vêneto de 6 mil habitantes também conta com o apoio de Trentino-Alto Ádige, região vizinha que receberia algumas modalidades, como patinação e hóquei.

A cidade vencedora na Itália deve disputar o direito de sediar os Jogos de 2026 com Calgary (Canadá), Graz (Áustria), Estocolmo (Suécia), Erzurum (Turquia) e Sapporo (Japão).

Ansa - Brasil   

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade