PUBLICIDADE

Governo Federal pede que CBF interrompa Brasileirão Masculino e Feminino

André Fufuca, Ministro dos Esportes, afirmou que a paralisação temporária deveria ocorrer em função da tragédia no Rio Grande do Sul

9 mai 2024 - 22h06
Compartilhar
Exibir comentários
Sede da CBF
Sede da CBF
Foto: Buda Mendes/Getty Images / Esporte News Mundo

O Ministro dos Esportes, André Fufuca, afirmou nesta quinta (9) que o Governo Federal defende a paralisação do Campeonato Brasileiro em função das severas enchentes que atingem o Rio Grande do Sul.

A interrupção, segundo o Ministro, deveria acontecer tanto para o Brasileirão Masculino quanto no Feminino, em todas as categorias, mas ainda depende de uma decisão da CBF.

— Diante do cenário de calamidade pública e das severas consequências das enchentes para a população do Rio Grande do Sul, defenderemos junto à CBF a suspensão temporária Campeonatos Brasileiros de Futebol masculino e feminino — explicou Fufuca em entrevista à ESPN Brasil.

Até o momento, apenas os jogos dos times gaúchos foram adiados pela entidade máxima do futebol, com prazo até o fim de maio, ainda que vários setores do futebol entendam que o torneio não tem condições de continuar, uma vez que diversos atletas estão envolvidos nas operações de resgate, sem condições de treinar ou viajar.

Argumentam, ainda, que funcionários dos clubes e familiares dos atletas também foram afetados. O Aeroporto Salgado Filho, em Porto Algre, continua alagado, sem poder receber pousos e decolagens até o final do mês.

De acordo com a CNN, a CBF chegou a consultar todos os presidentes de clubes da Série A, mas não encontrou consenso sobre a paralisação total da competição. A proposta para Inter, Grêmio e Juventude treinarem e jogarem em outros estados também foi rejeitada.

Os números da tragédia impressionam: até o momento, mais de 100 pessoas morreram, 134 estão desaparecidos e 754 ferido. Outras 327 mil estão desalojadas. Dos 497 municípios do Rio Grande do Sul, 431 fora afetados pelas cheias dos rios.

Esporte News Mundo
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade