PUBLICIDADE

Governo de São Paulo autoriza 30% de público nos estádios em outubro

Aumento da permissão do número de pessoas nos jogos de futebol ocorrerá gradualmente; em novembro, 100% da capacidade dos estádios poderá ser preenchida

24 set 2021 09h48
| atualizado às 09h48
ver comentários
Publicidade
Governo de SP autorizou a volta da torcida aos estádios (Foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians)
Governo de SP autorizou a volta da torcida aos estádios (Foto: Rodrigo Coca/Ag. Corinthians)
Foto: Lance!

O Governo de São Paulo anunciou, na noite da última quinta-feira (24), a permissão da volta do público aos estádios de futebol com até 30% da capacidade já no próximo dia 4 de outubro. Originalmente, a autorização só estava prevista somente para 1° de novembro.

A limitação de 30% de ocupação dos setores aumentará de forma gradual, segundo o comunicado oficial do Governo. Em 15 de outubro, a capacidade será de metade dos estádios e em 1° de de novembro, aumentará para 100%. O uso de máscaras será sempre obrigatório.

Para entrar nos estádios, os torcedores precisam comprovar que estão vacinados com as duas doses de qualquer vacina autorizada pela Anvisa (Pfizer, Astrazeneca e Coronavac), ou atestar que tomaram a dose única da Janssen. Caso não estejam com a imunização completa, será exigido um teste negativo de antígeno até 24h antes do evento, ou um PCR negativo até 48h.

Governador João Doria anuncia volta de público aos estádios (Foto: Reprodução / Twitter João Doria)
Governador João Doria anuncia volta de público aos estádios (Foto: Reprodução / Twitter João Doria)
Foto: Lance!

Leia o comunicado oficial do Governo de São Paulo:

"O Comitê Científico do Governo do Estado de São Paulo autorizou a volta do público nos estádios de futebol a partir do dia 4 de outubro. A capacidade será limitada para 30%, com o cumprimento de todas as normas sanitárias e de prevenção contra a Covid-19. Após o dia 16 de outubro a capacidade será ampliada para 50%.

Para o ingresso nos estádios, os clubes devem exigir um comprovante com esquema vacinal completo, ou seja, duas doses da vacina Coronavac, Astrazeneca e Pfizer ou dose única da Janssen. Quem ainda não tiver concluído o esquema vacinal, deverá ter tomado ao menos uma dose de vacina e apresentar um teste negativo com validade de 48h para os do tipo PCR ou 24h para os testes de antígeno. O uso de máscara é obrigatório em todos os setores do estádio".

Lance!
Publicidade
Publicidade