PUBLICIDADE

Cerro Porteño vence Alianza e decide Libertadores com Carlos Barbosa

20 jul 2019 17h56
ver comentários
Publicidade

Cerro escapou da derrota no último minuto e venceu na prorrogação (Foto: Reprodução/Twitter)

O adversário de Carlos Barbosa na final da Copa Libertadores de futsal será o Cerro Porteño. Na tarde deste sábado, a equipe paraguaia venceu o Alianza Platanera, da Venezuela, por 5 a 2 na prorrogação e, na final, reencontra o time brasileiro, que venceu o Panta Walon, do Peru, por 1 a 0. Na primeira fase, o Cerro venceu a ACBF por 4 a 2.

Ao contrário da outra semifinal, na qual o único gol do jogo veio apenas na reta final, o Alianza abriu o placar aos dez minutos do primeiro tempo. Richard Gutierrez recebeu na entrada da área, girou para cima da marcação e finalizou com firmeza para vencer o goleiro.

No segundo tempo, o Alianza contou com a sorte para ampliar a vantagem para 2 a 0. Aos cinco minutos, em contra-ataque, Yeisson Fonnegra finalizou de bico e viu a bola enganar o goleiro após desvio na defesa.

O Cerro Porteño conseguiu sair do zero dois minutos depois, quando Jorge Espinoza recebeu lançamento direto do goleiro, dominou no peito e finalizou de primeira para marcar um golaço e devolver a esperança ao time paraguaio.

Favorito no confronto, o Cerro pressionou durante todo o segundo tempo, mas não conseguia furar a sólida defesa do Alianza. Isso só mudou no último minuto, quando Arnaldo Báez empatou a partida com apenas 11 segundos restantes no cronômetro e levou a decisão para a prorrogação.

Na prorrogação, o Cerro virou logo aos três minutos da primeira etapa. Após grande jogada individual de Francisco Martinez, Damián Mareco finalizou para colocar o time paraguaio em vantagem pela primeira vez. Já no segundo tempo, aos dois minutos, o mesmo Mareco aproveitou o goleiro linha fora do gol e fez 4 a 2. Da mesma forma, no último minuto, Martinez fechou a goleada em 5 a 2.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade