1 evento ao vivo

Futebol

Neymar quebra jejum e desafia Messi e CR7 por Bola de Ouro

Chema Moya / EFE
30 nov 2015
11h29
atualizado às 11h53
  • separator
  • comentários

A Fifa já decidiu quem são os três melhores jogadores do planeta. Cristiano Ronaldo, do Real Madrid, e a dupla do Barcelona Lionel Messi e Neymar, são os finalistas para vencer o prêmio de Bola de Ouro.

O último brasileiro a conquistar o prêmio foi Kaká, em 2007, quando defendia o Milan
O último brasileiro a conquistar o prêmio foi Kaká, em 2007, quando defendia o Milan
Foto: Michael Steele / Getty Images
Messi, Cristiano Ronaldo ou Neymar: quem leva o prêmio?
Messi, Cristiano Ronaldo ou Neymar: quem leva o prêmio?
Foto: Gonzalo Arroyo Moreno / Getty Images

A indicação de Neymar, apesar de provável, acabou por barrar seu companheiro de clube Luis Suárez entre os finalistas. A última vez que três jogadores da mesma equipe conseguiram integrar o trio de melhores do mundo foi em 2010, quando Messi – vencedor do prêmio – Xavi e Iniesta formaram o pódio.

Este ano também marcou a única vez que Cristiano Ronaldo ficou de fora da relação dos três melhores do mundo desde 2008. A partir deste ano, o prêmio sempre ficou entre o português e Messi, sendo que CR7 venceu três vezes e o argentino levou em quatro oportunidades.

A última vez em que a dupla não monopolizou o prêmio de melhor jogador do mundo foi em 2007, curiosamente, esta também foi a última oportunidade em que um brasileiro levou o prêmio. Kaká, então jogador do Milan, conseguiu o feito após uma ótima temporada pelo clube italiano.

Além disso, a premiação de Kaká marcou o início de uma era negativa para os brazucas. Desde então, o Brasil, Seleção que mais venceu o prêmio na história, não consegue nem sequer ter um indicado entre os três melhores do mundo.

Ao todo, o Brasil já soma oito conquistas individuais. Ronaldo venceu três vezes, Ronaldinho duas, e Kaká, Rivaldo e Romário levaram uma vez cada. Atrás dos brasileiros vêm Argentina e Portugal, ambas com quatro premiações. Os sul-americanos conquistaram todas com Messi e os lusos venceram três vezes com Cristiano Ronaldo e uma com Luis Figo.

Apesar de Neymar estar entre os três melhores, as chances de o brasileiro conseguir levar o prêmio são pequenas. Não por seu futebol, mas pelos números da dupla concorrente à premiação.

Apesar de não ter sido campeão com o Real Madrid, Cristiano Ronaldo, vencedor nos últimos dois anos, soma 55 gols e 17 assistências em 56 partidas. Já Lionel Messi, tem tudo para levar o quinto troféu após vencer a Liga dos Campeões, o Espanhol, a Copa do Rei e a Supercopa da Europa com o Barça, além de enumerar 57 gols e 23 assistências em 60 jogos. Os números dos dois astros são computados até o dia 20 de novembro, data em que se encerraram as votações.

Já Neymar, talvez o principal jogador do Barcelona na primeira metade da atual temporada, já que Messi esteve machucado durante diversas rodadas, balançou as redes 44 vezes e deu 13 passes para gol em 60 aparições pelo Barça e pela Seleção Brasileira.

 

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • comentários
publicidade