PUBLICIDADE

Vasco caminha para dramática reta final na Série B

Empate contra o Náutico fora de casa foi resultado ruim

25 out 2021 08h36
| atualizado às 08h54
ver comentários
Publicidade

Em outro contexto empatar com o Náutico fora de casa poderia até ser considerado um bom resultado para o Vasco, na Série B do Brasileiro. Mas como a equipe fez péssima campanha até a metade da competição, o que valia nesse confronto era a conquista dos três pontos. O placar de 2 a 2, nos Aflitos, nesse domingo (24), foi ruim para ambos e manteve o Vasco sob forte pressão.

Vasco precisava derrotar o Náutico; ficou no empate e pressão por resultados aumenta em São Januário
Vasco precisava derrotar o Náutico; ficou no empate e pressão por resultados aumenta em São Januário
Foto: Rafael Vieira/Agif/Gazeta Press

Os cariocas estão em sexto lugar, com 47 pontos em 31 jogos. O quarto mais bem pontuado é o Goiás, com 52. A diferença entre eles não é tão grande, mas obriga o Vasco a vencer seis das sete partidas que lhe faltam para voltar a Série A. Não é impossível. É, no entanto, cada vez mais difícil.

Tudo leva a crer que o Vasco terá uma reta final de Série B muito dramática. Precisará somar pontos e torcer contra seus adversários diretos na briga por vaga no G-4 – no caso, Avaí (3º), Goiás (4º) e CRB (5º).

Os elencos na Série B se equivalem. São frágeis. O diferencial nessas últimas rodadas é a presença da torcida nos estádios. A do Vasco já deu provas de que vai incentivar o time até o último instante. Um dos problemas que atormentam a comissão técnica vascaína diz respeito à questão emocional da equipe. Com a obrigação de vencer ou vencer, os jogadores podem ter o rendimento afetado. 

Papo de Arena Todo o conteúdo (textos, ilustrações, áudios, fotos, gráficos, arquivos etc.) deste blog é de responsabilidade do blogueiro que o assina. A responsabilidade por todos os conteúdos aqui publicados, bem como pela obtenção de todas as autorizações e licenças necessárias, é exclusiva do blogueiro. 
Publicidade
Publicidade