PUBLICIDADE

Símbolo, goleiro de três Copas se aposenta da seleção suíça

20 ago 2014 15h14
| atualizado às 15h48
ver comentários
Publicidade

Símbolo de solidez e um dos maiores ídolos da seleção suíça, o goleiro Diego Benaglio, de 30 anos, anunciou aposentadoria da representação nacional, nesta quarta-feira. O camisa 1 do Wolfsburg-ALE alegou que precisa se dedicar mais ao clube e à família, futuramente. Em sua carreira, ele disputou as Copas do Mundo de 2006 (como terceiro goleiro), e 2010 e 2014 (já como titular).

Foto: Stu Forster / Getty Images

"Já tenho 31 anos. Não sou novo e preciso me concentrar mais no clube que defendo. Além disso, pretendo passar mais tempo ao lado dos meus familiares", ressaltou o arqueiro, que sofreu seis gols em três jogos na última edição da Copa do Mundo.

Adiante, o jogador, natural de Zurique, projetou o futuro dos helvéticos durante as competições internacionais: "Eles se desenvolveram de maneira exemplar e continuam sendo um bom grupo, com excelente ambiente. Continuarei torcendo por eles e quero que saibam: não foi uma decisão fácil. Além dos outros fatores, sei que possuo plena forma física, mas demoro a me recuperar".

Antes de chegar ao clube alemão, onde já soma 193 partidas, Benaglio, que surgiu no Grasshopper-SUI, jogou na segunda equipe do também germânico Stuttgart, além do Nacional-POR. Pela Suíça, atuou 61 vezes na representação principal - e ainda contabiliza 23 compromissos, incluindo categorias de base e formação olímpica.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade