PUBLICIDADE

Senado avança em CPI para investigar manipulação de resultados no futebol brasileiro

109 partidas de futebol disputadas em 2023 estão sob suspeita de manipulação para favorecer apostadores

2 abr 2024 - 15h18
(atualizado em 10/4/2024 às 14h26)
Compartilhar
Exibir comentários

O Senado Federal irá iniciar a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) para investigar os casos de manipulação de resultados no futebol brasileiro em abril. 109 partidas de futebol disputadas em 2023 estão sob suspeita de manipulação para favorecer apostadores.

Foto: Lance!

O senador Jorge Kajuru (PSD-GO) será o presidente da CPI da Manipulação de Resultados de Futebol, e o senador e ex-jogador Romário (PL/RJ) será o relator. Os partidos irão definir os membros titulares e suplentes para a a CPI, que irá convidar dirigentes, jogadores, árbitros e também corruptores.

A CPI das Apostas Esportivas será composta por 11 senadores titulares e 7 suplentes, com 180 dias de duração. O colegiado vai apurar fatos relacionados às denúncias e suspeitas de manipulação de resultados no futebol brasileiro, envolvendo jogadores, dirigentes e empresas de apostas.

Segundo adiantado por Kajuru, John Textor, sócio-majoritário da SAF do Botafogo, deve ser um dos primeiros a serem ouvidos. O norte-americano alega que o Palmeiras vem sendo beneficiado por dois anos e afirmou que dois jogos do Verdão no Brasileirão de 2023, contra o Fortaleza e São Paulo, foram manipulados. O empresário apresentou provas para sustentar tais alegações.

Lance!
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade