0

Sampaoli explica mudanças e enaltece vitória sobre o 'melhor time do Brasil'

Treinador argentino valorizou não só a atuação de seus comandados, como também o jogo entre Grêmio e Santos

28 abr 2019
17h14
atualizado às 17h14
  • separator
  • comentários

O técnico argentino Jorge Sampaoli usou boa parte de sua entrevista coletiva após a vitória do Santos por 2 a 1 diante do Grêmio, na manhã deste domingo, para explicar as mudanças na escalação e no sistema de jogo da equipe. As alternativas acabaram surtindo resultado positivo na partida de estreia do Campeonato Brasileiro em Porto Alegre diante do que ele considera o "melhor time do Brasil".

No confronto entre duas equipes que buscam o gol e são intensas na maior parte da partida, o comandante argentino optou por escalar três zagueiros e três volantes e explicou que o desgaste físico na derrota para o Vasco na última quarta-feira, pela quarta fase da Copa do Brasil, foi o que o motivou a mudar seis jogadores na escalação titular.

"Usei três volantes porque o Grêmio tem muita qualidade no meio. Quando nos últimos 15 minutos não conseguimos defender com a bola, ficou complicado. Valorizar o que o grupo fez, tivemos seis mudanças devido à partida que faz pouco tempo contra o Vasco", explicou. "Feliz por eles e porque começamos com uma vitória num lugar muito difícil contra o melhor time do Brasil", emendou.

O treinador argentino valorizou não só a atuação de seus comandados, como também o jogo entre os times "que sempre querem ganhar" e disse que o Santos poderia ter sofrido menos caso fizesse o terceiro gol quando já vencia por 2 a 0.

"Foi um grande jogo, se viu times que querem sempre ganhar. Por momentos tivemos o controle da situação, poderíamos ter feito o terceiro gol três vezes. O Grêmio seguiu insistindo, não renunciou da bola. Fizeram jogadas muito incríveis, com triangulações e velocidade. Ganhar esse times dá uma grande satisfação", comentou.

"A gente tentou situar os jogadores que estavam com mais capacidade, vinculado ao esforço do jogo anterior. Não sei se o Renato Gaúcho se surpreendeu pelos jogadores ou pelo sistema. A ideia era jogar a partida com a valentia que fez o time, mas fizeram melhor. Não contamos com tantos recursos como o rival e vencemos. Isso me deixa feliz", acrescentou o técnico.

O próximo compromisso do Santos será em casa, no estádio da Vila Belmiro, em Santos, contra o Fluminense, em duelo da segunda rodada do Brasileirão. O jogo está marcado para esta quinta-feira, às 19h15.

Estadão
  • separator
  • comentários
publicidade