1 evento ao vivo

Salah pede desculpas e promete Egito na próxima Copa

"Em nome de todos dessa delegação, pedimos desculpas, e posso garantir que estamos focados na próxima Copa do Mundo", disse Salah.

25 jun 2018
15h21
atualizado às 15h56
  • separator
  • 0
  • comentários

Antes cotada como possível surpresa da Copa do Mundo, a seleção do Egito acabou eliminada na primeira fase com três derrotas. Grande esperança dos comandados de Héctor Cúper, Mohamed Salah foi poupado da estreia e até conseguiu marcar seus gols nos duelos seguintes, mas insuficientes para confirmar a histórica classificação para as oitavas de final.

Atacante egípcio Mohamed Salah
Atacante egípcio Mohamed Salah
Foto: Reuters

Depois do revés sofrido para a Arábia Saudita nesta segunda-feira, em Volgogrado, onde até abriu o placar e saiu como melhor jogador da partida, o "Faraó" chamou para si a responsabilidade e atuou como porta-voz de toda a delegação para se desculpar com o povo egípcio. Salah exaltou os torcedores e prometeu a presença da seleção na Copa do Mundo de 2018, no Catar.

"Tenho de agradecer a todos os que vieram até a Rússia para nos apoiar de forma impressionante nas três partidas. Sei que as coisas não aconteceram como nós queríamos, acabou sendo ruim para todos, mas agradeço do fundo do meu coração por muitos estarem aqui gritando a nosso favor. A presença deles significou muito", ressaltou o camisa 10 do Egito, que conviveu com a recuperação de sua lesão no ombro.

"Eu sei que tudo o que aconteceu é muito difícil, porque queríamos mais. Fazia 28 anos que não participávamos de uma Copa. Em nome de todos dessa delegação, pedimos desculpas, e posso garantir que estamos focados na próxima Copa do Mundo", disse Salah.

O principal jogador do Egito foi tema também da coletiva de Héctor Cúper. Questionado sobre alguns rumores que foram divulgados quanto a possibilidade de aposentadoria de Salah da seleção, o treinador considerou apenas "boato" e se mostrou confiante quanto a continuidade da estrela do Liverpool.

"Não acredito que isso aconteça, conhecendo Salah como conheço. Todos querem jogar pela seleção. Acho que isso são boatos que não vejo argumentos para validá-lo. Não falei com ele. Sei que está com o médico, mas não posso confirmar isso e não acredito que venha a acontecer", comentou Cúper.

 

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade