0

Pirlo na comissão técnica seria exigência de Ancelotti para assumir a Itália

25 abr 2018
17h22
atualizado às 17h22
  • separator
  • comentários

Como a imprensa italiana informou nesta terça-feira, Carlo Ancelotti está próximo de ser confirmado como novo técnico da seleção do país. Porém, além de cumprir com os cerca de 5 milhões de euros (mais de R$ 20 milhões) por ano para contar com o treinador, a Federação Italiana (FIGC) terá de arcar com algumas outras exigências feitas pelo ex-comandante do Bayern de Munique, Milan, Chelsea, Paris Saint-Germain e Real Madrid.

Uma delas, como publicado pelo jornal La Gazzetta dello Sport, seria a incorporação do ex-jogador Andrea Pirlo e de seu próprio filho, Davide Ancelotti, em sua comissão técnica na Azurra. O primeiro foi seu comandado nos anos áureos do Milan na década passada, enquanto o segundo trabalhou em seu staff no Bayern.

As partes ainda estão em negociação e o anúncio deve ocorrer somente após o término do Campeonato Italiano. Outros nomes são ventilados como opções para o cargo de técnico da seleção italiana, como Roberto Mancini (do Zenit San Petersburgo), Antonio Conte (do Chelsea) e Claudio Ranieri (do Nantes). O projeto constitui-se da reconstrução da equipe tetracampeã mundial, que nem sequer se classificou para a Copa do Mundo deste ano, na Rússia.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade