0

Ousado e chutador, Bragantino vence Corinthians na Arena Pantanal

27 ago 2014
23h59

Ousado e sem medo de finalizar, o Bragantino segue surpreendendo. Depois de eliminar o São Paulo na fase anterior, o time de Bragança Paulista se jogou ao ataque na "casa alugada" Arena Pantanal, em Cuiabá, e venceu o Corinthians por 1 a 0, com golaço de Sandro, em duelo válido pelas oitavas de final da Copa do Brasil.

Domínio do Corinthians e velocidade do Bragantino. Qualidade técnica do Corinthians e poder de finalização do Bragantino. Contexto interessante, não? Apenas o contexto, porque na prática o movimentado primeiro tempo na Arena Pantanal deixou a desejar.

Com Renato Augusto no lugar de Jadson, o Timão teve mais posse de bola e controlou o jogo. Mas, com Guerrero e Luciano quase sempre fora da área para participar da armação, poucos chutes foram vistos. Faltou objetividade. O único lance de perigo saiu da cabeça de Anderson Martins. De cabeça, o zagueiro acertou uma bola trave após cruzamento na pequena área.

Na base do contra-ataque, o Braga, por sua vez, não pensava duas vezes em chutar. Bola roubada no meio de campo era sinônimo de correria para Ferrugem, Gil, Anderson Martins e Fábio Santos. Objetividade não faltou. Faltou mesmo colocar pé na fôrma.

O segundo tempo começou da forma que acabou o primeiro, com o Bragantino finalizando sem pensar duas vezes. Desta vez, com qualidade. Aos 10 minutos, após Cássio afastar lançamento na área, Sandro acertou um belíssimo chute de fora da área e abriu o placar. Os corintianos reclamaram uma falta de Luisinho em cima de Guerrero na entrada da área. Mas o árbitro Leandro Marinho nada marcou.

Com o "time da casa" na frente, Mano Menezes mudou o ataque. Sacou Lodeiro e Renato Augusto e colocou Jadson e Romarinho. O time ganhou em movimentação, mas seguiu sem chutar para o gol. Guerrero, assim como no primeiro tempo, pouco entrou na área.

Aos 33 minutos, o Timão, em um raro lance de perigo, quase empatou o jogo. Romero, que havia entrado na vaga de Luciano, ajeitou a bola de cabeça para Romarinho. Mas o camisa 31, que pode estar se despendido do clube, chutou fraco e não deu trabalho para o goleiro Marcelo Henrique.

Cesinha, por muito pouco, não aumentou a vantagem do Bragantino. Aos 42 minutos, Cesinha carregou a bola no meio de campo e chutou de fora da entrada da área. Cassou precisou se esticar todo para defender. No lance seguinte, Elias respondeu com um chute forte. Marcelo Henrique também fez grande defesa.

No futebol, nem sempre vence aquele que tenta mais. Mas, nesta quarta-feira, na Arena Pantanal, venceu o time que tentou mais. O Bragantino chutou mais e conseguiu o triunfo. O Corinthians pouco tentou e, agora, vai precisar de uma vitória com dois gols de diferença na partida de volta, na próxima quarta-feira, dia 3, na Arena Corinthians, para avançar na competição nacional.

FICHA TÉCNICA

BRAGANTINO 1 X 0 CORINTHIANS

Local: Arena Pantanal, em Cuiabá (MT)

Data e Hora: 27/8/2014, às 22h

Árbitro: Leandro Bizzio Marinho (SP)

Auxiliares: Carlos Augusto Nogueira Junior (SP) e Vicente Romano Neto (SP)

Renda e Público: R$ 1.630.540,00 / 28.820 pagantes

Cartões amarelos: Sandro e Bruno Recife (BRA); Luciano, Cássio e Ralf (COR)

Cartão vermelho: Ferrugem, aos 47'/2ºT

Gol: Sandro, aos 10'/2ºT (1-0)

Bragantino: Marcelo Henrique, Samuel, Leonardo, Guilherme Mattis e Bruno Recife; Geandro, Jackson Caucaia (Marcos Paulo, aos 36'/1º), Sandro e Cesinha; Luisinho (Magno Cruz, aos 21'/2ºT) e Nunes (Lincom, aos 26'/2ºT). Técnico: PC Gusmão

Corinthians: Cássio, Ferrugem, Gil, Anderson Martins e Fábio Santos; Ralf, Elias, Lodeiro (Romarinho, aos 17'/2º) e Renato Augusto (Jadson, aos 17'/2ºT); Luciano (Ángel Romero, aos 27'/2ºT) e Guerrero. Técnico: Mano Menezes

Fonte: Lancepress! Lancepress!
publicidade