PUBLICIDADE

Neto não comparece, e Justiça remarca audiência com Sampaoli

O apresentador da TV Bandeirantes Neto não recebeu intimação e, por isso, não esteve na primeira audiência na Justiça de São Paulo

12 abr 2024 - 17h12
(atualizado às 19h04)
Compartilhar
Exibir comentários
Foto: Reprodução - Legenda: Neto não foi intimado para comparecer / Jogada10

O apresentador da "TV Bandeirantes" Neto não compareceu à audiência marcada pelo Tribunal de São Paulo no processo movido pelo treinador Jorge Sampaoli. Assim, precisou ser remarcada. O ex-atleta, no entanto, não foi ao local por não ter conhecimento, afinal, não foi intimado.

Diante do fato, a juíza Aparecida Correa chegou a abrir a audiência ao verificar  as presenças remotas do promotor e um defensor, além de Sampaoli e seu advogado. No entanto, observou a ausência do ex-atleta.

Todavia, a juíza também percebeu que Neto não foi notificado até então no processo. Portanto, ele não se manifestou e desconhece até então o teor dos autos.

A audiência, portanto, precisou ser remarcada para o dia 13 de maio, às 15h30 (de Brasília), e, assim, determinando a citação de Neto para ele ser notificado do caso.

Sampaoli atualmente tem dois processos na Justiça de São Paulo. No caso do apresentador da Band, é uma queixa-crime. O treinador quer que o apresentador responda por ter dito que o treinador tratou mal o preparador de goleiros do Santos "porque ele é negro".

Nos autos, o treinador citou as falas no programa "Baita Amigos", no dia 17 de abril de 2023. Neto ainda ressaltou que Sampaoli trata as pessoas de forma "racista e hipócrita" e encerrou dizendo que o técnico é "Nojento, escroto, idiota, baixinho, pinto pequeno".

Em outra ação, aliás, Neto e a Band foram condenados a uma indenização de R$ 500 mil ao treinador. O apresentador entrou com recurso.

Siga o Jogada10 nas redes sociais: TwitterInstagram e Facebook.

 
Jogada10
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade