0

Em jogo paralisado pela chuva, Suécia bate o Chile na Copa

Partida disputada em Rennes ficou paralisada devido à chuva e aos raios

11 jun 2019
16h13
atualizado às 16h25
  • separator
  • comentários

Pela abertura do Grupo F da Copa do Mundo Feminina, a forte Suécia bateu o Chile por 2 a 0, em Rennes, na França. As chilenas, que jogavam pela primeira vez uma partida de mundial, até seguraram bem na primeira etapa. No segundo tempo, porém, a Suécia fez os gols da vitória, em um jogo marcado pela forte chuva.

Na próxima rodada, às 10h deste domingo, a Suécia encara a Tailândia. No mesmo dia, mas às 13h, o Chile tem mais um duro desafio, dessa vez contra os Estados Unidos.

Madelen Janogy comemora após marcar o segundo gol da Suécia sobre o Chile
Madelen Janogy comemora após marcar o segundo gol da Suécia sobre o Chile
Foto: Stephane Mahe / Reuters

Na primeira etapa, a seleção chilena conseguiu segurar bem a forte equipe da Suécia. A grande chance das suecas aconteceu aos 25 minutos, quando Sembrant tocou de cabeça no cantinho, e a goleira Endler voou para fazer uma linda defesa.

Mas nem só na retranca ficou o Chile, que assustou nos minutos finais da primeira etapa. Aos 46, Araya recebeu na intermediária e mandou um chute perigoso. A bola passou levando perigo, ao lado do gol da Suécia.

No segundo tempo, o sol que tomava conta do céu de Rennes deu lugar a uma verdadeira tempestade. A chuva era tão forte que, aos 27 minutos, a partida teve que ser interrompida pela arbitragem.

Depois de cerca de quinze minutos, o jogo foi reiniciado e a Suécia foi para cima em busca da vitória. A insistência foi grande, o gol demorou, mas saiu. Aos 40 minutos, a centroavante Asllani aproveitou a falha da zaga e finalizou forte para abrir o placar.

O Chile quase empatou aos 45 minutos, com a chegada de Lara, que finalizou por cima do gol. Aos 49 minutos, a Suécia tratou de acabar com as chances das adversárias e fechou a vitória com um belo gol de Janogy. A camisa 7 passou por três jogadoras, invadiu a área e finalizou forte para marcar o segundo das suecas.

Veja também:

Veja as artilheiras do Brasil nas Copas do Mundo feminina
Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade