0

Sette Câmara despista sobre ex-santista e nega loucura por reforços

3 abr 2019
16h03
atualizado às 17h19
  • separator
  • 0
  • comentários

Cauteloso, Sérgio Sette Câmara evitou confirmar o interesse no volante Matheus Jesus, ex-jogador do Santos. O presidente do Atlético-MG, por outro lado, foi convicto ao pregar austeridade e assegurar que o clube não colocará a saúde financeira em risco para trazer reforços.

Com apenas 21 anos de idade, Matheus Jesus fez um Campeonato Paulista consistente pelo Oeste e chamou a atenção do Atlético-MG, interessado em acordo por empréstimo. Hoje vinculado ao português Estoril, o volante canhoto teve uma passagem sem brilho pelo Santos e chegou a ser comandado pelo técnico Levir Culpi.

"O diretor de futebol tem olhado algumas possibilidades. O Matheus Jesus é um jogador que se destacou no Campeonato Paulista. Pode ser que esteja na lista que o Marques está olhando, mas isso tem que ser feito de acordo com as possibilidades do Atlético-MG", despistou Sette Câmara.

O presidente do time mineiro veio a São Paulo nesta quarta-feira para participar de um seminário sobre governança e transparência no esporte, promovido pela BDO. Sem dar nomes, Sette Câmara citou clubes que, em sua visão, vêm fazendo contratações fora da própria realidade, algo que ele não planeja repetir.

"Não vamos fazer nenhum tipo de loucura. Vejo algumas contratações que, realmente, eu, como gestor de futebol, fico assustado. Estamos tentando colocar as finanças nos trilhos e não dá para sair fazendo contratações de jogadores com salários absurdos", disse Sette Câmara, sem abrir mão de um time competitivo.

"Existem atletas que cabem dentro do nosso bolso e podem performar muito bem, atletas de nome. Temos que achar soluções que atendam no aspecto esportivo e estejam dentro das nossas condições financeiras, porque o Atlético-MG não acaba no ano que vem", explicou o presidente.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade