PUBLICIDADE

Robinho na China: salário triplicado e garantia de R$ 42 mi

30 jun 2015 07h00
| atualizado às 07h51
ver comentários
Publicidade

A terceira passagem de Robinho pelo Santos está, oficialmente, próxima de ser encerrada. O atacante ficou seduzido pela proposta do Guangzhou Evergrande, da China, equipe dirigida pelo técnico Luiz Felipe Scolari, e deve homologar a sua decisão ainda nesta terça-feira, data do último dia de contrato com o clube. O Terra apurou que a proposta chinesa que balançou o camisa 7 conta com mais do triplo do salário que o Santos ofereceu por sua permanência, além de um adiantamento de 12 milhões de euros (cerca de R$ 41,9 milhões) como uma espécie de garantia.

A garantia corresponde ao pagamento adiantado de todo o primeiro dos três anos de contrato oferecidos pelo Guangzhou. O valor anual de 12 milhões de euros renderá a Robinho 1 milhão de euros mensais (R$ 3,4 milhões). Em sua proposta, o Santos bancava a manutenção do salário de R$ 1 milhão.

"O Santos continua pagando o salário que ele pediu e o salário que ele recebe. Não há diferença entre o que pediu e o que nós oferecemos", assegurou o presidente Modesto Roma Júnior, antes de descartar uma nova investida: "não, a última proposta foi a que o Santos fez ao Robinho, não há mais nada".

Marcelo Fernandes sobre jogo:"não merecemos, gol foi achado":

Robinho chegou a dizer publicamente que não gostaria de reduzir o seu patamar salarial para a renovação de contrato com o Santos alegando que poderia, inclusive, atuar por outros clubes brasileiros.

Cruzeiro e Flamengo, que surgiram como os potenciais rivais, foram descartados. O Querétaro, do México, também entrou na briga, mas também deve perder a concorrência para os chineses.

Robinho acertou no último mês a rescisão com o Milan, clube com o qual tinha contrato até junho de 2016. A permanência no Brasil dependia, principalmente, de o Santos pagar os sete meses de direitos de imagem atrasados ao camisa 7, estes quitados, e apresentar valores que o seduzissem a ficar. 

Se acertar e cumprir os três anos de contrato com os chineses, o jogador faturará, pelo menos, 36 milhões de euros (R$ 125,5 milhões), além de bonificações e premiações estabelecidas por contrato, contra quase R$ 40 milhões no Santos.

Por causa da gravidez de sua esposa, Robinho já chegou a recusar deixar o País antes da oferta vantajosa, descartando rumores sobre uma ida para os Estados Unidos e proposta do futebol árabe.

Técnico do Santos pede reforços após problemas por contusão:

 

Fonte: K.R.C.DE MELO & CIA. LTDA – ME K.R.C.DE MELO & CIA. LTDA – ME
Publicidade
Publicidade