PUBLICIDADE

Libertadores

Torcida do Boca Juniors faz festa no RJ e homenageia torcedor morto

Time argentino enfrenta o Fluminense na final da Libertadores, no Maracanã, às 17h deste sábado, 4

4 nov 2023 - 12h52
(atualizado às 13h01)
Compartilhar
Exibir comentários
Torcida do Boca Juniors faz festa no RJ e homenageia torcedor morto
Torcida do Boca Juniors faz festa no RJ e homenageia torcedor morto
Foto: Hugo Barbosa/Redação Terra

Chegou o grande dia da final da Libertadores e o Rio de Janeiro está lotado de torcedores do Boca Juniors fazendo festa pelas ruas cariocas. Às 17h deste sábado, 5, o time argentino enfrenta o Fluminense, no Maracanã.

Pela cidade, a reportagem do Terra conversou com vários argentinos que disseram que o jogo vai ser difícil, mas que estão confiantes que a taça ficará com o Boca Juniors.

Já vestidos com a camisa do clube, os torcedores estão caminhando pelas ruas do Rio em grupo e cantando que serão campeões. Alguns já estão seguindo em direção ao metrô para irem para o estádio.

Um grupo também carregava uma bandeira em homenagem a um torcedor do Boca que morreu. "A história da bandeira é de um primo, que se chamava José, ele era de Córdoba, na Argentina. Íamos ao estádio nos anos 70, e ele faleceu. E hoje, graças a Deus, ele vai estar presente por meio da bandeira no Maracanã", contou um dos torcedores.

O Terra também avistou muito policiamento pelas ruas do Rio de Janeiro, com policiais carregando inclusive fuzis. A segurança reforçada é reflexo das brigas entre as torcidas do Fluminense e do Boca Juniors nos últimos dias.

Na última quinta-feira, 2, torcedores dos dois times brigaram na praia de Copacabana. Imagens mostraram que a  Polícia Militar precisou intervir com balas de borracha, cassetetes e gás de pimenta para conter a confusão. Três pessoas foram detidas. 

Vídeos que circularam nas redes sociais também registraram o tumulto na orla e o momento em que torcedores tricolores se deslocaram do calçadão em direção a areia, próximo ao Posto 5, onde estavam reunidos diversos torcedores do time argentino.

Na sexta-feira, 3, em um post da Conmebol, o lateral-esquerdo do Fluminense Marcelo foi vítima de atos racistas por parte de torcedores argentinos. Além de comentários ofensivos, os torcedores também incluíram imagens de bananas e macacos na postagem. 

Presidente da CBF confirma público no estádio

O presidente da Confederação Brasileira de Futebol (CBF), Ednaldo Rodrigues, declarou na sexta que, por enquanto, a presença dos torcedores está autorizada no Maracanã para a final da Libertadores.

Em reunião extraordinária, dirigentes da CBF, Associação de Futebol Argentino (AFA), Fluminense e Boca Juniors foram convocados pela Conmebol para evitar a repetição da violência que ocorreu em Copacabana.

Ednaldo Rodrigues confirmou a presença de público na final da Libertadores, solicitando a colaboração dos torcedores. No entanto, caso a paz não seja garantida, há a possibilidade do jogo ser realizado sem a presença de espectadores.

*Com colaboração de Marcela Coelho e Marcela Ferreira.

Fonte: Redação Terra
Compartilhar
Publicidade
Publicidade