PUBLICIDADE
Logo do Fluminense

Fluminense

Favoritar Time

MP e Polícia iniciam operação para prevenir violência de organizadas no Rio

Eventos dos últimos dias alertaram o MP para tomar atitudes preventivas

4 nov 2023 - 10h46
(atualizado às 10h46)
Compartilhar
Exibir comentários
Torcedores de Fluminense e Boca brigam na praia de Copacabana
Torcedores de Fluminense e Boca brigam na praia de Copacabana
Foto: Reprodução/Redes Sociais / Esporte News Mundo

O Ministério Público, em uma ação conjunta com a Polícia Civil, iniciou uma operação que busca prevenir mais ondas de violência no Rio de Janeiro, envolvendo brigas de torcidas organizadas. A última aconteceu nesta semana, quando membros de organizadas do Fluminense se envolveram em confusões com torcedores do Boca Juniors.

A confusão ocorreu na última quinta-feira, na praia de Copacabana perto da "fan zone" da Conmebol. Torcedores de Boca Juniors e Fluminense se envolveram em briga, e a polícia precisou intervir com balas de borracha e muito gás de pimenta.

O incidente tomou atingiu a Conmebol, que convocou uma reunião com membros da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) e da Associação de Futebol Argentino (AFA) para definir se haveria ou não a presença de público na final. No fim, ficou decidido por manter os torcedores, mas houve um pedido em conjunto para evitar mais confusões.

Segundo O Globo, agora, o Ministério Público quer evitar e reprimir atos posteriores envolvendo as torcidas organizadas. As maiores organizações dos principais times do Rio (Vasco, Flamengo, Fluminense e Botafogo), já foram banidas dos estádios e de eventos relacionados à final da Libertadores.

Boca Juniors e Fluminense se enfrentam às 17h (de Brasília), na final única da Conmebol Libertadores, no Maracanã. Em caso de empate no tempo normal, haverá prorrogação e, se continuar a igualdade, disputa de pênaltis.

Esporte News Mundo
Compartilhar
Publicidade
Publicidade