0

Conmebol muda regra e permitirá final no México

23 set 2016
18h23
atualizado às 18h43
  • separator
  • 0
  • comentários

Os times mexicanos já disputam a Copa Libertadores há alguns anos, mesmo com a nação não sendo da América do Sul. Até por isso, as equipes sempre tiveram algumas restrições, como não disputar o Mundial de Clubes, em caso de título do país.

Atlético Nacional, da Colômbia, é o atual campeão
Atlético Nacional, da Colômbia, é o atual campeão
Foto: EFE

Outra limitação foi oficialmente abolida, nesta sexta-feira. A Federação Mexicana confirmou que a Conmebol mudou a regra e, a partir de 2017, caso algum clube mexicano chegue à decisão, poderá fazer o segundo jogo em casa. Anteriormente, a equipe era obrigada a decidir na casa do rival.

"O futebol mexicano continua trilhando seu caminho para se tornar ainda maior no futebol internacional", comemorou a Federação, em nota oficial.

Três times do país da América do Norte já atingiram a final da Libertadores: Cruz Azul, em 2001; Chivas, em 2010; e Tigres, em 2015. Acabaram derrotados por Boca Juniors, Internacional e River Plate, respectivamente. No caso do ano passado, por exemplo, o Tigres teria o direito de decidir em seu estádio, por ter feito campanha melhor que o River na primeira fase.

Apesar da permissão para fazer o segundo jogo em casa, os times mexicanos seguem sem poder disputar o Mundial de Clubes como campeões da Libertadores. A única chance é a Copa dos Campeões da Concacaf, competição que abrange clubes da América do Norte e Central.

 

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade