0

Jogadores do São Paulo lamentam empate em casa que mantém time fora do G-4

Tricolor perdeu chance de assumir a quarta posição com empate diante do Grêmio

15 nov 2018
21h59
atualizado às 21h59
  • separator
  • comentários

O São Paulo recebeu o Grêmio, pela 34ª rodada do Campeonato Brasileiro, mas não conseguiu vencer o adversário diante dos quase 25 mil torcedores que foram ao Morumbi em uma noite chuvosa, nesta quinta-feira. A equipe ficou no 1 a 1 com o rival gaúcho e permaneceu atrás do adversário na tabela de classificação da competição, na quinta posição, fora do G-4.

"Era um confronto direto, encaramos como final, mas empatamos e agora é ir para o restante dos jogos para pontuar e torcer por um tropeço deles", comentou o goleiro Jean na primeira partida após a demissão do técnico Diego Aguirre.

"Tivemos poucos dias para pegar bem o que o Jardine queria, mas já melhoramos um pouco. Fomos mais ofensivos, agora é assimilar o mais rápido possível para a partida de domingo", disse o jogador, citando o duelo contra o Cruzeiro, pela 35ª rodada.

Para o volante Hudson, que foi capitão do time no duelo, o São Paulo mostrou evolução mesmo com o pouco tempo de trabalho do técnico André Jardine. "Ele procurou intensificar algumas coisas de posicionamento, pois estávamos cometendo erros. Ele assistiu às partidas do adversário e mostrou para nós uma estratégia para enfrentar o Grêmio", explicou.

O jogador evitou falar sobre a demissão de Aguirre, que deixou o cargo recentemente, e preferiu mirar no principal objetivo no torneio agora que o título é praticamente impossível: a vaga direta na fase de grupos da Libertadores do próximo ano. "A gente tem de se preocupar com o que temos hoje. Não adianta olhar para trás. Temos de nos preocupar com a vaga direta na Libertadores", avisou.

Estadão

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade