PUBLICIDADE

Manchester City 'vai com tudo' atrás de Erling Haaland, diz jornal espanhol

Astro do Borussia Dortmund deve deixar a equipe; além dos ingleses, Barcelona, Real Madrid e Bayern de Munique se interessam

26 dez 2021 11h11
| atualizado às 11h11
ver comentários
Publicidade

O destino do norueguês Erling Haaland agita os bastidores da próxima janela de transferências europeia. O astro do Borussia Dortmund é alvo de clubes gigantes como Real Madrid, Barcelona e Bayern de Munique. Mas, o Manchester City desponta como maior interessado no negócio, segundo o jornal catalão Sport.

O time de Pep Guardiola precisa desesperadamente de um goleador e estaria disposto a 'ir com tudo' e fazer frente ao Barcelona na briga por Haaland, segundo o periódico. A difícil negociação com Harry Kane, do Tottenham, coloca o norueguês no topo da lista da equipe de Manchester quando as negociações forem permitidas.

Esta não é a primeira vez que o City aborda Haaland, depois de tentar a sorte com Kane. O clube inglês acabou desistindo das conversas anteriores pois o Borussia Dortmund bateu o pé e não o deixou sair. Porém, o goleador tem uma cláusula em seu contrato que entra em vigor em 30 de junho, que o permite assinar com qualquer equipe.

O City, surge então, como a opção mais viável, levando em conta o potencial financeiro. As primeiras conversas já tiveram início, embora o time de Manchester ainda esteja desconfiado quanto a valores relacionados a comissões e salários do jogador. Isto, porém, não deverá sem impeditivo para um assinatura.

A postura do Dormtund é de que Haaland não sairá do time na próxima janela. Ciente da cláusula, o clube alemão já enviou as representantes do atletas as ofertas de renovação, apesar de ainda não ter nada concreto. O empresário Mino Raiola disse recentemente que Real Madrid, Barcelona, Bayern de Munique e Manchester City estão com sondagens.

Erling Haaland chegou ao Borussia Dortmund durante a temporada 2019-2020 depois de deixar o RB Salzburg, apesar das tentativas do Manchester United de levá-lo para a Inglaterra. Ele marcou 11 gols na atual edição do Campeonato Alemão, além de ter marcado três vezes na Liga dos Campeões.

No entanto, ele estaria insatisfeito, principalmente devido à queda precoce do time alemão na principal competição de clubes da Europa. O Borussia Dortmund não conseguiu passar da fase de grupos, restando agora a Liga Europa. O Dortmund ficou em terceiro lugar no Grupo C da competição, atrás de Ajax e Sporting.

Estadão
Publicidade
Publicidade