PUBLICIDADE

Liga dos Campeões

Champions League: Vini Jr. e Rodrygo marcam, Real Madrid atropela Braga e avança às oitavas

Mesmo com ausência de Bellingham, conjunto merengue não toma conhecimento de portugueses e conquista vaga antecipada

8 nov 2023 - 19h10
(atualizado às 20h06)
Compartilhar
Exibir comentários

Sem o fenômeno Jude Bellingham, poupado por causa de um problema no ombro, o Real Madrid contou com Vinícius Junior e Rodrygo para garantir vaga nas oitavas de final da Champions League. Após Brahim Díaz abrir o placar, os dois brasileiros marcaram gols para ajudar o time comandado por Carlo Ancelotti a vencer o Braga por 3 a 0, no Santiago Bernabéu, em jogo da quarta rodada do Grupo C do torneio europeu.

Agora com 12 pontos, na liderança, a equipe merengue não pode mais ser alcançada pelo Braga, terceiro colocado, com três pontos, nem pelo Union Berlin, que tem apenas um depois de empatar por 1 a 1 com o Napoli, também nesta quarta. Os napolitanos ocupam a vice-liderança, com sete pontos, e vão buscar a confirmação da classificação na próxima e penúltima rodada, quando enfrenta o rival espanhol.

Ancelotti mandou o Real Madrid ao gramado sem Bellingham, destaque deste início de temporada com 13 gols e três assistências em 14 partidas. O jovem britânico de 20 anos sofreu uma luxação leve no ombro durante o empate sem gols com o Rayo Vallecano, no final de semana, e começou no banco nesta quarta para não correr riscos desnecessários, mas a postos para jogar dependendo das circunstâncias apresentadas pela partida.

A vaga no meio de campo ficou com Brahim Díaz, justamente o responsável por abrir o placar aos 26 minutos do primeiro tempo, após invadir a pequena área para receber passe de Rodrygo e estufar a rede. Antes disso, logo nos primeiros minutos da partida, o Braga desperdiçou um pênalti, defendido por Lunin após cobrança de Djaló. Comandado por Díaz, Vini Jr. e Rodrygo, o Real dominou o restante do primeiro tempo, mas não voltou a balançar a rede.

No segundo tempo, o time espanhol intensificou as investidas ofensivas e foi mais efetivo, tanto que praticamente selou a vitória nos primeiros 15 minutos. O placar foi ampliado aos 12 minutos, quando Vinícius dominou na área, limpou o marcador e bateu para marcar. Três minutos depois, foi a vez de Rodrygo balançar a rede, com um toque de categoria por cima do goleiro Matheus.

Também nesta quarta-feira, foram definidos os dois classificados do Grupo D. A Inter de Milão venceu o Red Bull Salzburg por 1 a 0, com um gol de Lautaro Martínez e garantiu vaga ao chegar aos 10 pontos, na vice-liderança.

Na outra partida da chave, o Real Sociedade também alcançou a casa dos dez, pois venceu o Benfica por 3 a 1. Como tem vantagem de 5 a 3 no saldo de gols sobre a Inter, a equipe espanhola termina rodada em primeiro lugar, mas a disputa pela liderança segue aberta. Já a briga pela classificação acabou porque, faltando duas rodadas e seis pontos em disputa, o Salzburg tem seis e o decepcionante Benfica de Di María está zerado.

O Bayern de Munique é mais uma equipe garantida por antecipação às oitavas de final. A vaga veio com dura vitória sobre o Galatasaray, por 2 a 1, no Allianz Arena. O artilheiro Harry Kane definiu o resultado com gols no fim. Depois de sofrer com as defesas de Muslera, os alemães mantiveram os 100% de aproveitamento e chegaram aos 12 pontos.

Virada Histórica

Na Dinamarca, Copenhague e United fizeram um jogo bem aberto e ofensivo. Logo aos 3 minutos, McTominay cruzou do fundo e Hojlund apenas escorou para as redes. Aos 28, em contragolpe, o dinamarquês ampliou. Garnacho bateu, Grabara espalmou e ele apareceu livre para ampliar.

A história da partida começou a mudar aos 42 minutos, com a expulsão de Rashford. Com um a mais, os donos da casa empataram antes do intervalo, com Elyounoussi desviando cruzamento de Diego Gonçalves, que depois deixaria o seu em cobrança de pênalti.

Mesmo com um a menos, o United ainda voltou a comandar o placar, com gol de Bruno Fernandes, em outra cobrança de pênalti. Mas a pressão era grande e o empate não custou. Lerager fez 3 a 3 e a festa se completou com lindo voleio de Bardghji, dentro da área.

Arsenal derrota o Sevilla

No Grupo B, o Arsenal queria repetir a vitória sobre o Sevilla da rodada passada para ficar em situação tranquila na chave. E foi para o intervalo com vantagem mínima, graças a gol de Trossard. O PSV Eindhoven, em cabeçada de Jong, também fazia o mínimo diante do Lens.

Com assistência de Gabriel Martinelli, Saka definiu os 2 a 0 no segundo tempo, deixando os ingleses na liderança, com 9 pontos. Os holandeses seguraram o triunfo apertado e agora somam os mesmos 5 pontos do Lens, mas em 2º, enquanto o Sevilla é o lanterna com somente dois.

Estadão
Compartilhar
Publicidade
Publicidade