1 evento ao vivo

Mourinho explica ausências de Fred, há um mês na reserva do United

7 dez 2018
15h40
atualizado às 15h40
  • separator
  • comentários

Cercado de expectativas em sua chegada ao Manchester United, que desembolsou cerca de 55 milhões de euros (R$ 242,3 milhões) por sua contratação, Fred já vive seu pior momento no clube inglês. O brasileiro, que havia ganhado espaço entre os titulares do técnico José Mourinho no início da temporada, não começa jogando uma partida há mais de um mês.

Mas o fato tem explicação. Pelo menos é o que garante o comandante português, que atribuiu as ausências do brasileiro à deficiência defensiva dos Red Devils, que necessitariam mais de um meio-campista de "equilíbrio" do que um com características ofensivas.

"Quando o time estiver defensivamente forte e não precisar de tantos jogadores de meio de campo mais preocupados em dar equilíbrio à equipe, do que em dar dinâmica ofensiva e ajudar na criação, acredito que os horizontes do Fred mudam completamente", afirmou Mourinho, em coletiva de imprensa.

Fred se tornou a quarta contratação mais cara da história do Manchester United. Na atual temporada, entrou em campo em 10 oportunidades, marcando apenas um gol. O brasileiro não é titular desde o dia três de novembro, na vitória por 2 a 1 sobre o Bournemouth. Para Mourinho, porém, é questão de tempo para o camisa 17 deslanchar em Old Trafford.

"Também tem outros jogadores em outros clubes que precisaram de tempo, e alguns deles jogaram até menos do que o Fred está jogando", apontou o português. "Vamos passo a passo", completou.

Com ou sem Fred, o Manchester United segue como oitavo colocado do Campeonato Inglês. Em 15 jogos disputados, são apenas 23 pontos ganhos, oito a menos que o quinto colocado Arsenal e 18 a menos que o líder Manchester City. Tentando mudar o cenário, os Diabos Vermelhos entram em campo neste sábado, recebendo o Fulham, no Old Trafford, a partir das 13h (no horário de Brasília).

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade