1 evento ao vivo

Em estreia de Mourinho, Lucas volta a marcar e Tottenham bate West Ham

23 nov 2019
11h51
atualizado às 11h51
  • separator
  • 0
  • comentários

Recém-contratado para a comandar o Tottenham, José Mourinho reestreou no Campeonato Inglês com uma vitória sobre o West Ham. Em partida válida pela 13ª rodada, os Spurs mostraram muito poder ofensivo e o placar de 3 a 2 marcou o primeiro triunfo após cinco jogos. Além de Son e Kane, Lucas, que não estava sendo muito aproveitado por Pochettino, foi titular e deixou o dele. Antonio e Ogbonna diminuam para os donos da casa.

Com o resultado, os Lilywhites estão na sexta posição, com 17 pontos somados. Os Hammers, por sua vez, conheceram sua sexta derrota e seguem flertando com a zona de rebaixamento.

De olho na primeira colocação do seu grupo na Liga dos Campeões, o Tottenham volta a campo nesta terça-feira, às 17 horas (de Brasília), contra o Olympiacos. Do outro lado, o West Ham tem compromisso marcado contra o Chelsea, no próximo sábado, ás 12 horas (de Brasília), no Stamford Bridge.

Como de praxe nas equipes comandadas por José Mourinho, o Tottenham já começou a partida se instalando no campo defensivo do adversário. Com seis minutos no relógio, Harry Kane balançou as redes, mas a bandeira do assistente já marcava a posição de impedimento.

Os Spurs continuavam sufocando seu rival de Londres e Son, aos 36 minutos, inaugurou o marcador. O sul-coreano recebeu dentro da área, mostrou maestria no domínio e finalizou rasteiro para bater o goleiro. Sete minutos depois, a bola voltou a encontrar o fundo das redes. Em nova jogada do atacante asiático, o brasileiro Lucas Moura se apresentou na entrada da grande área, recebeu livre de marcação e empurrou para o gol vazio.

O intervalo não interrompeu a empolgação do Tottenham e o artilheiro Harry Kane foi às redes logo aos quatro da segunda etapa. O inglês explorou um bom cruzamento, testou firme e vazou mais uma vez o arqueiro adversário. 3 a 0.

Tranquilos no placar, os Spurs se fecharam no sistema defensivo e ofereceram oportunidades para o West Ham. Aos 30 minutos, Michail Antonio fintou o zagueiro e fuzilou o canto de Gazzaniga para fazer um golaço. Faltando um para o apito final, Ogbonna deixou os donos da casa ainda mais próximos do empate, mas, em seguida, o árbitro ergueu o braço e encerrou a partida.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade