PUBLICIDADE

Arsenal

Namorada de estrela do Arsenal desativa conta em rede social após ataques gordofóbicos

Jovem de 25 anos também foi alvo de ofensas durante vitória dos Gunners sobre o Chelsea nesta semana; entenda

27 abr 2024 - 10h42
(atualizado às 17h06)
Compartilhar
Exibir comentários
Declan Rice e Lauren Fryer estão juntos há oito anos.
Declan Rice e Lauren Fryer estão juntos há oito anos.
Foto: Reprodução/Instagram @laurenfryer_ / Estadão

Lauren Fryer, namorada do volante Declan Rice, do Arsenal, tomou uma medida drástica ao desativar sua conta no Instagram em resposta a ataques gordofóbicos sobre a sua aparência. A jovem de 25 anos apagou todas as fotos do perfil na rede social, que possui mais de 85 mil seguidores. 

O assédio teve início em dezembro do ano passado, quando internautas criticaram Rice, insinuando que ele "poderia fazer melhor", em relação a Lauren. Recentemente, contudo, os ataques migraram para os estádios.

Na última terça-feira, 23, torcedores do Chelsea, clube que Rice defendeu entre 2006 e 2013, entoaram cânticos ofensivos sobre Lauren. O atleta estava em campo e contribuiu para a goleada do Arsenal por 5 a 0 sobre os Blues, no Emirates Stadium, em Londres.

Declan Rice e Lauren Fryer estão juntos há oito anos.
Declan Rice e Lauren Fryer estão juntos há oito anos.
Foto: Reprodução/Instagram @laurenfryer_ / Estadão

Após o caso, o jogador se manifestou, pedindo que deixassem a jovem em paz: "Minha esposa é o amor da minha vida e não há ninguém melhor para mim". O casal está junto há oito anos e tem um filho de um ano. Eles se conheceram na escola e começaram o relacionamento quando tinham ambos 17 anos.

Lauren também recebeu o apoio da estrela de TV Rebekah Vardy. A esposa do atacante Jamie Vardy, classificou a onda de gordofobia como "nojenta". "Infelizmente, é muito fácil para os trolls se esconderem atrás de um teclado nos dias de hoje", desabafou.

Declan Rice começou sua carreira na base do Chelsea, mas posteriormente se transferiu para o West Ham, onde fez sua estreia como profissional em 2017, aos 18 anos. No ano passado, foi contratado pelo Arsenal por 105 milhões de libras (R$ 686 milhões na cotação atual).

Ele acumula 47 jogos e seis gols marcados pelos Gunners, além de ter representado a seleção inglesa na Copa do Mundo do Catar em 2022.

Estadão
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade