PUBLICIDADE

Uefa ameaça mudar final da Euro da Inglaterra para a Hungria

Reino Unido está tem regras rígidas para receber visitantes de outros países, enquanto entidade que regula o futebol europeu busca por um lugar mais flexível

18 jun 2021 09h48
| atualizado às 09h57
ver comentários
Publicidade

A Uefa ameaça tirar as semifinais e final da Eurocopa de Wembley, na Inglaterra, caso o Reino Unido siga com regras rígidas com relação a entrada de pessoas de outros países, segundo o "The Times". Com isso, a entidade pensa em Budapeste, na Hungria, como uma alternativa.

Final da Eurocopa está marcada para o estádio de Wembley, em Londres
Final da Eurocopa está marcada para o estádio de Wembley, em Londres
Foto: Catherine Ivill / Reuters

Por conta da falta de flexibilização do governo britânico é possível que quem chegue na Inglaterra para os dias dos jogos de suas seleções tenham que fazer uma quarentena. As medidas atuais preocupam a Uefa por conta de sua organização e dos seus convidados.

Por conta deste mesmo motivo, a final da Champions League entre Manchester City e Chelsea, dois clubes ingleses, não foi disputada no Wembley. A entidade europeia decidiu realizar a partida no Porto, em Portugal, por conta da flexibilização na entrada de estrangeiros.

Budapeste recebeu a partida entre Hungria e Portugal disputada na última terça-feira em que a equipe de Cristiano Ronaldo venceu por 3 a 0 os donos da casa. O estádio recebeu mais de 55 mil pessoas entre húngaros e portugueses apesar da vacinação no país não ter alcaçado 50% da população com duas doses de vacinas aplicadas.

Lance!
Publicidade
Publicidade