0

Porto goleia e adia decisão do título para última rodada

12 mai 2019
16h24
atualizado em 13/5/2019 às 16h02
  • separator
  • comentários

Neste domingo, o Porto goleou o Nacional, por 4 a 0, fora de casa, e manteve vivo o sonho de conquistar o Campeonato Português. Com gols de Alex Telles e Oliver Torres, na primeira etapa, o time teve tranquilidade para administrar a partida e adiar a decisão do título para a última rodada.

O resultado rebaixou o Nacional para a segunda divisão. Na penúltima posição, com 28 pontos, o time não pode ultrapassar o Tondela, primeiro time fora da zona da degola, que tem 32. Por outro lado, os Dragões seguem com chances de título e assumiram provisoriamente a liderança. Com 82 pontos, pode ser ultrapassado pelo Benfica, que joga mais tarde na rodada.

Na última partida do Campeonato Português, o time da Ilha da Madeira cumpre tabela contra o Belenenses, fora de casa. Na disputa pela conquista, o Porto recebe o Sporting. Já o Benfica, recebe o Santa Clara. Todos os jogos acontecem no mesmo horário, às 12 horas (de Brasília).

O Jogo

Brigando pela liderança da competição, o Porto foi para o ataque. O time dominou as ações ofensivas do primeiro tempo, criando as melhores chances. Os visitantes conseguiram se impor e abriram o placar logo aos 14 minutos. Alex Telles cobrou falta da entrada da área, com perfeição, sem chances para o goleiro.

Sem diminuir o ritmo, os Dragões seguiram no campo de defesa do adversário. O time conseguiu ampliar o placar com uma bela jogada individual de Oliver Torres. O meia recebeu passe de Marega, saiu driblando a defesa e chutou da entrada da área para superar o goleiro.

Na segunda etapa, o Porto continuou pressionando o adversário. Com dez minutos o time já havia finalizado três vezes. Aos 14, Jesus Corona fez o terceiro dos visitantes. Marega foi até a linha de fundo e cruzou para Corona dar um voleio e estufar as redes. Os donos da casa não conseguiam finalizar com perigo, e deram apenas um chute ao gol.

Aos poucos o Nacional foi se soltando na partida. Após boa jogada pela esquerda de Riascos, Felipe cometeu pênalti. Carlos Xistra, árbitro da partida, conferiu o lance no VAR e reverteu a decisão. O jogador do time da Ilha da Madeira ainda recebeu cartão amarelo por simulação. Aos 43 minutos, o árbitro marcou penalidade para o Porto, que converteu com Marega.

Mais cedo, dois jogos completaram a rodada. O Vitória Setúbal venceu o Chaves, fora de casa, por 2 a 1 e se livrou do rebaixamento. Quem conseguiu um grande resultado foi o Vitória Guimarães. Jogando em casa, o time goleou o Belenenses por 5 a 1.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade