1 evento ao vivo

Lucas e CR7 marcam, mas Kane dá vitória ao Tottenham com gol do meio-campo

21 jul 2019
10h38
atualizado às 10h38
  • separator
  • 0
  • comentários

Em uma partida amistosa recheada de estrelas, a de Harry Kane brilhou mais que a de Cristiano Ronaldo. Neste sábado, em compromisso válido pela Champions Cup, torneio de pré-temporada realizado em Singapura, o Tottenham venceu a Juventus por 3 a 2. Se o português balançou as redes para a equipe italiana, Lucas Moura também deixou o seu, assim como Kane, que anotou o tento da vitória do meio-campo.

Os primeiros 45 minutos foram de bastante movimentação e diversas chances criadas. Porém, de domínio do Tottenham, que começou melhor e assustou com Son. Aos poucos, a Juventus tentou equilibrar as ações e criou até certo perigo com Cristiano Ronaldo. Foram os ingleses, no entanto, que abriram o placar com Lamela, aproveitando o rebote dado por Buffon no chute de Parrot.

Se a primeira etapa ficou marcada pelo domínio do Tottenham, no segundo tempo a Juventus conseguiu igualar o jogo. Primeiro, Higuaín deixou tudo igual. Depois, Cristiano Ronaldo virou. Coube a Lucas Moura, no entanto, deixar tudo igual novamente e a Harry Kane, nos acréscimos, dar a vitória ao clube inglês com um gol do meio-campo, encobrindo Szczęsny.

O JOGO

Apesar de ter entrado em campo com um time recheado de jovens jogadores e sem algumas de suas estrelas, o Tottenham foi quem começou melhor o amistoso. Enquanto a Juventus mostrava dificuldades para se encontrar no jogo, o time inglês aproveitou os espaços na defesa italiana e assustou pela primeira vez logo aos três minutos com Son, que parou na trave.

A resposta da Juventus veio apenas aos 10 minutos. Depois de tentar uma bicicleta sem sucesso, Cristiano Ronaldo recebeu de Pjanic, que aproveitou a saída errada da defesa do Tottenham, limpou a marcação dentro da área e armou o chute. No momento do arremate, no entanto, Alderweireld se esticou todo e desviou pela linha de fundo, evitando o que seria o primeiro gol do português.

Aberto pelo lado esquerdo, onde Sarri indicou que será seu novo setor, Cristiano Ronaldo seguiu como a principal arma ofensiva e de desafogo da Juventus. Aos 26, após invertida de Cancelo, o camisa sete fez tudo sozinho e encheu o pé esquerdo, mas a bola saiu pela linha de fundo. Na saída rápida, Son tentou surpreender Buffon, mas errou o alvo.

De tanto assustar, o Tottenham chegou ao seu gol aos 30 minutos. Parrott iniciou a jogada com uma roubada de bola no campo de defesa e abriu para Son. O camisa 7, já dentro da área, gingou para cima da defesa e rolou para ultrapassagem de Parrot, que finalizou rasteiro. Após defesa de Buffon, Lamela apareceu para colocar o time inglês na frente do marcador.

Se nos primeiros 45 minutos a Juventus deixou a desejar pela falta de profundidade e de organização, em pouco tempo de segundo tempo a Vecchia Signora não apenas apagou a má impressão, como virou a partida. Logo depois de ver Lucas Moura assustar, Cristiano Ronaldo iniciou a jogada e acionou Pjanic. O camisa 5 tabelou com Higuaín, que recebeu de Bernardeschi e deixou tudo igual com um chute colocado.

Aos 14 minutos, coube a Cristiano Ronaldo virar a partida. Após boa trama ofensiva, De Sciglio arrancou pela esquerda, foi à linha de fundo e cruzou rasteiro para CR7. De primeira, o português emendou e a bola ainda desviou na defesa antes de afundar na rede de Gazzaniga.

A alegria da Juventus, no entanto, não durou muito. Logo depois de ser substituído, Cristiano Ronaldo viu Lucas Moura deixar tudo igual. Recém-contratado, N'Dombelé fez ótima jogada pelo lado esquerdo e acionou o brasileiro, que tocou de primeira para o fundo da rede.

Quando o empate parecia se confirmar, coube a Harry Kane dar a vitória ao Tottenham. E com um golaço. Depois da roubada de bola de Lucas, o atacante inglês recebeu no meio-campo e não hesitou em emendar dali mesmo um chute, que encobriu o goleiro Szczęsny. No fim, 3 a 2 para os comandados de Mauricio Pochettino contra os de Maurizio Sarri.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade