4 eventos ao vivo

Dembelé entra e salva o Barcelona de derrota para o Atlético de Madrid

24 nov 2018
19h58
atualizado às 20h13
  • separator
  • comentários

Teve emoção, gol no final e redenção. Neste sábado, o Barcelona visitou o Atlético de Madrid tentando manter a liderança do Campeonato Espanhol e quase a perdeu. Depois de sair atrás com gol de Diego Costa, o clube catalão conseguiu o empate aos 44 minutos do segundo tempo com Dembelé, criticado por seu comportamento fora de campo.

Com o empate, o Barcelona sobe para 25 pontos e continua na liderança de La Liga. Já o Atlético de Madrid, que foi líder do campeonato por poucos minutos, vai a 24 pontos e toma a segunda posição do Sevilla, que continua com 23 pontos.

Barcelona domina primeiro tempo, mas não abre o placar

Respeitando o Atlético de Madrid, muito forte jogando no Wanda Metropolitano, Ernesto Valverde escalou um Barcelona defensivo, com dois volantes de contensão (Sergi Roberto e Sergio Busquets) e dois meio-campistas mais avançados (Arthur e Vidal). Messi e Suárez foram a dupla de ataque. Pelo lado do Atlético, Diego Simeone também povoou o meio-campo, deixando apenas Griezmann e Diego Costa no ataque.

Centrado no meio-campo, o Barcelona teve a bola na maior parte do tempo. Com pouca posse de bola, o Atlético apostava em contra-ataques principalmente com a velocidade de Griezmann. No entanto, nenhuma das equipes conseguiu furar as defesas, que demonstraram solidez.

A posse de bola resultou em oportunidades de gol para o Barcelona, mas o clube catalão não conseguiu aproveitá-las. Aos 22 minutos, Messi tentou abrir o placar em cobrança de falta, mas mandou por cima do gol de Oblak. Aos 39, o argentino teve nova oportunidade em falta, mas chutou longe do gol.

Além da falta de precisão no ataque, o Barcelona teve má notícia ainda no primeiro tempo, que terminou 0 a 0. Aos 44 minutos, Sergi Roberto sentiu lesão na coxa esquerda e deixou o campo direto para o vestiário. Rafinha entrou em seu lugar no intervalo.

Diego Costa marca e coloca o Atlético à frente

O segundo tempo começou como terminou o primeiro: o Barcelona atacava e pecava na pontaria, enquanto o Atlético tentava a sorte em contra-ataques. Aos 12 minutos, Suárez invadiu a área, mas Oblak se adiantou e ficou com a bola. Já aos 22, o goleiro socou a bola para longe após cruzamento cobrado por Arthur.

Depois de 70 minutos acuado, o time da casa conseguiu finalmente se impor em campo. Aos 29 minutos, Griezmann cruzou na área, Vidal cortou de cabeça e a bola pegou no braço do volante. Os jogadores do Atlético pediram pênalti, mas o árbitro não atendeu ao pedido.

A penalidade não fez falta, já que aos 32 minutos o Atlético abriu o placar com o brasileiro naturalizado espanhol Diego Costa. Após cobrança de escanteio de Griezmann, o atacante ganhou de Piqué no jogo aéreo e cabeceou para o fundo do gol de Ter Stegen, abrindo o placar na capital espanhola.

Dembelé entra e salva o Barcelona

Precisando empatar para manter a liderança do Campeonato Espanhol, Ernesto Valverde mexeu no Barcelona: aos 34 minutos, tirou o brasileiro Arthur e colocou em campo o atacante Dembelé, criticado por seu comportamento fora de campo. E o francês correspondeu.

Aos 44 minutos do segundo tempo, Dembelé recebeu de Messi pela ponta direita, invadiu a área, e finalizou rasteiro, tirando de Oblak. O gol evitou a derrota do Barcelona e manteve o time catalão na liderança do Campeonato Espanhol.

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva

compartilhe

comente

  • comentários
publicidade
publicidade