2 eventos ao vivo

Sarri vê Kanté com 50% de chances de jogar final da Liga Europa

Chelsea e Arsenal se enfrentam nesta quarta-feira, em Baku, na decisão

28 mai 2019
16h43
atualizado às 16h43
  • separator
  • 0
  • comentários

O técnico do Chelsea, Maurizio Sarri, afirmou nesta terça-feira que o volante N'Golo Kanté tem 50% de chances de ficar apto para defender o time na final da Liga Europa, nesta quarta, contra o Arsenal, às 16 horas (de Brasília), no estádio Olímpico de Baku, no Azerbaijão.

O jogador da seleção francesa lesionou o seu joelho em um treino no sábado e está lutando contra o tempo para se recuperar e atuar pela sua equipe no clássico inglês que definirá o campeão do torneio continental.

Ao comentar sobre a situação do jogador, o treinador italiano disse, em entrevista coletiva em Baku, que há um "problema muito pequeno com o seu joelho, o problema é o tempo". Em seguida, ele estimou os 50% de chances de o atleta atuar na final e avisou que só poderá confirmar ou não a escalação do francês no "último momento".

"Estamos com problemas no meio-campo. No momento nós temos apenas três meio-campistas para três posições, então nós estamos com problemas", destacou Sarri, reconhecendo que o desfalque de Kanté, se confirmado, seria muito ruim para o Chelsea, tendo em vista as características do jogador. "Ele é o único meio-campista defensivo que nós temos, então para nós Kanté é realmente muito importante. Estamos tentando recuperá-lo e vamos tentar amanhã cedo", completou, se referindo ao possível teste final que o volante fará para saber se reunirá condições de jogo.

Nesta terça-feira à noite, Kanté treinou separado do restante do elenco do Chelsea e realizou um trabalho mais focado em alongamento. Considerado uma peça fundamental do meio-campo da equipe londrina, ele disputou quase todos os jogos eliminatórios desta Liga Europa. Só ficou fora do duelo de volta da semifinal, no qual o time sofreu para superar o Eintracht Frankfurt nos pênaltis, em Londres.

O meio-campista anteriormente sofreu uma lesão que o deixou de fora da partida final do Chelsea no Campeonato Inglês, contra o Leicester, no dia 12 de maio, mas parecia recuperado antes de agora amargar este problema no joelho. E Sarri já não conta com outras duas peças importantes do seu meio-campo para esta decisão europeia: Ruben Loftus-Cheek e Callum Hudson-Odoi, também lesionados.

Estadão
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade