0

Campeonato Argentino

Na reestreia de Tevez, Boca vence com golaço de letra

Amilcar Orfali / STR/Getty Images
18 jul 2015
18h41
atualizado às 23h48
  • separator
  • 0
  • comentários

Carlitos Tevez reestreou no Boca Juniors neste sábado mostrando o futebol que se espera e cumprindo as expectativas, já que o time venceu o Quilmes por 2 a 1 e se manteve na liderança do Campeonato Argentino, agora com 37 pontos. Só faltou o gol para o camisa 10, que tentou e chegou perto de balançar as redes em belos lances. Mas coube a Calleri protagonizar a jogada mais bonita da tarde.

O segundo gol dos anfitriões na Bombonera saiu aos 8min do segundo tempo, quando Calleri foi lançado na área e tentou tocar para Tevez, mas a defesa afastou. Na sobra, o atacante argentino de 21 anos decidiu dar de letra, encobrindo o goleiro Benítez e aumentando a festa no estádio.

Atacante passou em branco, mas chegou perto de balançar as redes
Atacante passou em branco, mas chegou perto de balançar as redes
Foto: Amilcar Orfali / STR/Getty Images

A tarde estava pronta para o astro que trocou a Juventus, tetracampeã italiana e vice-campeã europeia, pelo clube do coração. Seu primeiro jogo pelo time após 11 anos foi a motivação de todos os presentes e recebeu apoio de todos os lados. Os parentes de Tevez expuseram a faixa: "Papai, hoje você volta para seguir fazendo história". Já a família de Maradona escreveu "Obrigado por recusar dinheiro pelo seu amor à camisa do Boca".

O atacante teve três grandes oportunidades de retribuir o carinho deixando sua marca. Aos 40min do primeiro tempo, driblou dois marcadores com um toque de letra e exigiu boa defesa do goleiro Benítez. Antes, aos 26min, os anfitriões na Bombonera já tinham balançado as redes com Palacios aproveitando lançamento de Pérez.

Maradona esteve na Bombonera para prestigiar Tévez
Maradona esteve na Bombonera para prestigiar Tévez
Foto: Amilcar Orfali / STR/Getty Images

Tevez foi para o intervalo após boa atuação e voltou dos vestiários ainda mais empolgado. Dominou a partida com suas investidas ofensivas e, logo com um minuto do segundo tempo, quase marcou um golaço de novo, dessa vez em chute de fora da área. Aos cinco, chutou no travessão. Três minutos depois, viu de perto o golaço de Calleri.

Aos 13min, o Quilmes, que aparece na metade de baixo da liga nacional, diminuiu com Canelo, de cabeça. Mas os adversários mal conseguiam contra-atacar e trabalharam mais para evitar mais gols. Em meio à ânsia de Tevez por balançar as redes, o placar quase foi ampliado em bicicleta de Díaz que parou no travessão e em outra linda jogada de Calleri, que passou por três antes de levar o perigo. O camisa 10, por enquanto, já trouxe ânimo ao time do coração.

Calleri fez um dos gols mais bonitos do ano: encobriu o goleiro chutando de letra
Calleri fez um dos gols mais bonitos do ano: encobriu o goleiro chutando de letra
Foto: Amilcar Orfali / STR/Getty Images

 

Veja também:

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade