1 evento ao vivo

Fla avalia trabalho de Rogério Ceni como desastroso

Diretoria está decepcionada com resultados e desempenho do time

11 jan 2021
09h57
atualizado às 13h24
  • separator
  • 0
  • comentários
  • separator

Contrariedade, frustração, desapontamento. Esses termos estão em evidência no Flamengo nos últimos dias, notadamente depois da derrota desse domingo para o Ceará por 2 a 0, no Maracanã, e resumem como a diretoria rubro-negra avalia o trabalho do técnico Rogério Ceni no clube. Contratado para substituir Domènec Torrent, em novembro, ele acumula eliminações e vê a possibilidade da conquista do Brasileiro cada vez mais distante.

Rogério Ceni está sob forte pressão no Flamengo
Rogério Ceni está sob forte pressão no Flamengo
Foto: Dhavid Normando / Futura Press

A perda de dois jogos seguidos no campeonato, com atuação muito irregular, levou alguns mais afoitos na Gávea a defender a demissão de Ceni. Mas o presidente Rodolfo Landim não acredita que uma nova mudança na comissão técnica possa devolver o protagonismo ao Flamengo na reta final do Brasileiro.

O placar adverso contra o Ceará e a derrota por 2 a1 para o Fluminense, no meio da semana passada, desencadearam uma onda de protestos de flamenguistas pelas redes sociais, exigindo a saída de Rogério Ceni. Muitos torcedores afirmam que ele não tem perfil para ser técnico do Flamengo.

As críticas aumentaram bastante antes mesmo do término da partida com o Ceará. A barração de Gabigol e a demora em botá-lo no jogo – somente aos 25 minutos do segundo tempo – enervaram os rubro-negros, assim como a escalação do zagueiro Gustavo Henrique, que saiu jogando e em menos de 10 minutos já havia errado seguidamente.

Depois que entrou na vaga de Domènec, Ceni não evitou a eliminação do Flamengo na Copa do Brasil e na Libertadores e parece trilhar caminho idêntico no Brasileiro.

Fonte: Silvio Alves Barsetti
  • separator
  • 0
  • comentários
publicidade