PUBLICIDADE
Logo do

Palmeiras

Favoritar Time

TJD-SP concede efeito suspensivo, mas tira Dudu de 3 jogos

22 mai 2015 - 18h12
(atualizado às 18h19)
Ver comentários
Publicidade

O Tribunal de Justiça Desportiva de São Paulo (TJD-SP) concedeu efeito suspensivo a Dudu, mas de forma pouco usual. Punido com gancho de 180 dias, o atacante será desfalque nas três próximas partidas mesmo com o recurso do Palmeiras sendo acatado.

O TJD-SP definiu que a contratação mais cara entre as 21 feitas pelo Palmeiras no ano precisará cumprir, por enquanto, ao menos 15 dias da suspensão, definida na última segunda-feira. Com isso, o jogador fica fora contra o Goiás, neste domingo, e o Corinthians, no dia 31, pelo Brasileiro, e diante do ASA, na quarta-feira, pela Copa do Brasil. Estará livre só a partir do dia 3 - voltaria para enfrentar o Inter, no dia 4, pela liga nacional.

Dudu recebeu punição de seis meses por empurrão em árbitro
Dudu recebeu punição de seis meses por empurrão em árbitro
Foto: Mauro Horita/Agif / Gazeta Press

Em despacho, o presidente do Tribunal, Mauro Marcelo de Lima e Silva, disse se basear no artigo 53 da Lei Pelé. "O efeito suspensivo concedido, no caso concreto do atleta Dudu, suspende os efeitos da decisão no que exceder os 15 (quinze) dias até o julgamento final do recurso interposto, ou seja, apenado no dia 18/05, o efeito suspensivo terá validade a partir do dia 03/06 do corrente ano", escreveu.

A decisão complica Oswaldo de Oliveira, que dava a liberação de Dudu como certa. Com isso, o técnico deve escalar Alan Patrick ou manter Robinho no time para usar Valdivia desde o começo diante do Goiás, às 11h (de Brasília) de domingo, no Palestra Itália.

Queridinho do Oswaldo? Rafael Marques cita profissionalismo:

Dudu pegou suspensão de 180 dias e um jogo, a ser cumprido no próximo Campeonato Paulista, por ter empurrado o árbitro Guilherme Ceretta de Lima depois de receber o cartão vermelho no segundo jogo da final do Estadual, em 3 de maio, vencida pelo Santos, na Vila Belmiro.

O advogado do Palmeiras, André Sica, deixou a sessão da noite de segunda-feira prometendo recorrer da decisão. Para livrar Dudu dos seis meses de suspensão, o clube conta com um julgamento no Pleno do TJD-SP e ainda pode apelar ao Superior Tribunal de Justiça Desportiva.

Arouca sobre começo de carreira: "senti falta da familia":

 

Gazeta Esportiva Gazeta Esportiva
Publicidade
Publicidade