PUBLICIDADE

Campeonato Paulista

Palmeiras e Santos decidiram o Paulistão 10 vezes; veja histórico

Equipes se reencontram na final depois de quase dez anos; histórico é favorável ao time santista, mas momento melhor é dos palmeirenses

29 mar 2024 - 07h10
(atualizado às 08h06)
Compartilhar
Exibir comentários
Santos de Pelé venceu, em 1961, o segundo de uma série de três títulos paulistas consecutivos
Santos de Pelé venceu, em 1961, o segundo de uma série de três títulos paulistas consecutivos
Foto: Reprodução/acervosantosfc.com.br

A final do Campeonato Paulista está definida entre Palmeiras e Santos. O primeiro jogo será já no domingo de Páscoa, dia 31, na Vila Belmiro. A decisão será no dia 7 de abril, no Allianz Parque. Será a 11ª vez que as equipes decidem o Paulistão, em uma história que tem quase 100 anos. A final também marca o duelo entre a primeira e segunda melhor campanha desta edição do Estadual.

Das dez vezes que os dois clubes definiram o campeão paulista, nove foram em edições que não tinham, necessariamente, partidas finais. A primeira vez que os times disputaram o título diretamente foi nos pontos corridos no ano de 1927. O Palmeiras ainda se chamava Palestra Itália e foi campeão com um ponto a mais que o Santos. Oito anos depois, em 1935, a situação foi inversa. O (ainda) Palestra ficou dois pontos atrás do Santos, que conquistou o primeiro título Estadual do clube.

Quando já era Palmeiras, em 1950, a equipe alviverde foi campeã. O Santos ficou um ponto atrás, junto do São Paulo. Santistas e são-paulinos dividiram o vice-campeonato, já que o regulamento não previa critérios de desempate além do campeão. O São Paulo, contudo, teve melhor saldo de gols.

Edições de Paulistão definidas por Palmeiras e Santos

  • 1927 - Santos campeão, Palmeiras (ainda Palestra Itália) vice
  • 1935 - Palmeiras (ainda Palestra Itália) campeão, Santos vice
  • 1950 - Palmeiras campeão, Santos e São Paulo vices
  • 1959 - Palmeiras campeão, Santos vice
  • 1961 - Santos campeão, Palmeiras vice
  • 1964 - Santos campeão, Palmeiras vice
  • 1965 - Santos campeão, Palmeiras vice
  • 1969 - Santos campeão, Palmeiras vice
  • 1973 - Santos e Portuguesa campeões, Palmeiras vice
  • 2015 - Santos campeão, Palmeiras vice

Somente depois de 42 anos que Palmeiras e Santos voltaram a definir um Campeonato Paulista. Em 2015, foi a primeira vez que o formato possibilitou uma final entre os dois times, sem ser um jogo de desempate. As duas equipes chegaram com as melhores campanhas dos seus grupos.

No mata-mata, o Palmeiras passou por Botafogo-SP e Corinthians, enquanto o Santos eliminou XV de Piracicaba e São Paulo. No jogo de ida da final, o Palmeiras venceu por 1 a 0. O Santos empatou a série no jogo de volta vencendo por 2 a 1 e levou a melhor nos pênaltis.

Palmeiras foi campeão paulista em 1959, no que ficou conhecido como 'Supercampeonato Paulista'
Palmeiras foi campeão paulista em 1959, no que ficou conhecido como 'Supercampeonato Paulista'
Foto: CBF/Reprodução

Os confrontos intensificaram a rivalidade entre os clubes. Naquele mesmo ano, ambos fizeram a final da Copa do Brasil. O torneio nacional teve roteiro diferente, com título do Palmeiras nos pênaltis. As provocações santistas do começo do ano inverteram-se e partiram, então, do lado palmeirense.

O Palmeiras é o segundo time com mais títulos paulistas, com 25 conquistas, atrás do Corinthians (com 30). Três delas foram em cima do Santos, o qual é o quarto no ranking de maiores campeões, com 22 títulos. Do total, os santistas venceram sete vezes em cima do Palmeiras. O histórico é favorável ao Santos, mas o Palmeiras vive momento superior que a equipe alvinegra. Enquanto o Santos encara a primeira temporada na Série B do Campeonato Brasileiro, o Palmeiras está na quinta final consecutiva do Paulistão, é o atual campeão brasileiro e tem se acostumado a empilhar títulos nos últimos anos.

Estadão
Compartilhar
Publicidade
Seu Terra












Publicidade